publicidade

Ronaldo Moraes

Ex-lateral do Corinthians
por Rogério Micheletti/Colaborou o leitor Marco Antonio Medeiros
 
Medalha de prata com a Seleção Brasileira na Olimpíada de 1984, o ex-lateral Ronaldo, o Ronaldo Moraes da Silva, que defendeu o Corinthians e o Grêmio nos anos 80, hoje mora em Arujá (SP), trabalha com comércio de veículos, técnico sub-15 e nas horas vagas gosta de jogar tênis.

Em 2009, Ronaldo assumiu o cargo de treinador da categoria sub-15 do São Bernardo, ao lado de outro ex-lateral corintiano: Édson Boaro. Os dois, aliás, chegaram a disputar posição no alvinegro entre os anos de 1984 e 1985. Quem assumiu, à mesma época, o time sub-17 do São Bernardo foi Capitão, ponta do Guarani campeão brasileiro de 1978. E o coordenador contratado foi Juninho Fonseca, ex-zagueiro da Ponte Preta e do Corinthians.

Nascido em São Paulo no dia 2 de março de 1962, Ronaldo começou a carreira nas categorias de base do Corinthians, no final dos anos 70. Tornou-se profissional e integrou o elenco bicampeão paulista de 1983. Antes disso, ele defendeu por empréstimo a equipe do Ponta Grossa (PR).

O versátil Ronaldo, embora reserva de Alfinete e Wladimir, conseguiu ganhar destaque e com boas atuações chegou a ser lembrado para a seleção brasileira olímpica de 84, à época comandada pelo técnico Jair Picerni.

Com vários jogadores do Internacional de Porto Alegre (Gilmar Rinaldi, Kita, Silvinho, Mauro Pastor, Mauro Galvão, André Luiz e Milton Cruz), a seleção fez um bom papel em Los Angeles e só foi superada pela França na final.

A medalha valorizou Ronaldo, que logo foi cobiçado pelo Grêmio. Como o Corinthians tinha grande interesse na contratação do uruguaio Hugo De Léon, grande ídolo do tricolor gaúcho, Ronaldo acabou sendo envolvido em uma troca. Ele, o meia Luís Fernando, o ponta Carlinhos e mais uma boa quantia em dinheiro foram para o Olímpico em troca do badalado De Léon.

Depois do Tricolor gaúcho, Ronaldo jogou no futebol paranaense, defendeu equipes do Chile (ao lado de Vasconcelos, ex-Palmeiras) e retornou ao futebol paulista no final dos anos 80 para jogar no Santo André, que tinha os experientes meias Jaiminho e Eduardo Amorim.

Como não conseguiu se desligar do futebol, Ronaldo costuma fazer parte da equipe de veteranos do Sport Club Corinthians Paulista, clube que defendeu profissionalmente 62 vezes (30 vitórias, 20 empates e 12 derrotas) e marcou dois gols. Esses números estão no "Almanaque do Corinthians", de Celso Dario Unzelte.

    Pelo Corinthians:

    Atuou em 62 jogos, sendo 30 vitórias, 20 empates e 12 derrotas. Marcou 2 gols.
    Fonte: Almanaque do Corinthians, de Celso Unzelte

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES