publicidade

Gilson Gênio

Ex-ponta-esquerda do Flu, Grêmio e Inter de Limeira

por Rogério Micheletti

Gilson Gênio, ponteiro do Fluminense, Bahia, América (RJ), Grêmio, Santa Cruz  e Internacional de Limeira, entre outros, nos anos 70 e 80, morreu no dia 28 de maio de 2017, aos 59 anos, no Rio de Janeiro. O ex-ponta-esquerda lutava desde 2014 contra um câncer colorretal.

Ele morava no Rio de Janeiro e trabalhava como treinador de futebol. Em 2013, treinou o São Pedro da Terceira Divisão do futebol carioca e foi demitido após não conseguir o acesso para a Série B.

No Flu, ele atuou ao lado de jogadores como Carlos Alberto Pintinho, Rivellino, Kléber, Fumanchu, Renato, entre outros.

Gilson Gênio não era o único craque de sua família. Um dos irmãos dele era Gilcimar, que defendeu o América do Rio, o Palmeiras e seleções de base.

No final de carreira, Gilson Gênio teve passagem pela Internacional de Limeira e fez parte da equipe do interior que surpreendeu o Palmeiras, ficando com o título paulista de 1986. Gilson Gênio não era o titular nas finais. O camisa 11 da Inter era o baixinho Lê.

Em 2009, ele comandou os meninos do tricolor na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Gilson era casado com Roseli, com quem teve três filhos: Gilson Karlo Rafael e Pedro.

 

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES