publicidade

Chiquinho de Assis

Ex-atacante e treinador

Chiquinho de Assis, excelente artilheiro do futebol baiano nos anos 60 e 70, morreu no dia 24 de agosto de 2017, aos 63 anos de idade, vítima de um câncer. Chiquinho faleceu nos Estados Unidos, onde trabalhou por três anos no Miami FC.
 
Nascido no ano de 1954 em Miracema-RJ, Chiquinho era formado em Educação Física, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), e pós-graduado em Ciência do Futebol, pela UNEB.

Chiquinho, o Francisco Assis da Silva Júnior, defendeu o Fluminense e Botafogo cariocas, o Flu de Feira de Santana e o baiano Leônico. Foi técnico do Miami-EUA durante três anos e coordenador de futebol de uma equipe parceira deste mesmo clube.
 
Trabalhou nas divisões de base do Bahia e Vitória, ajudando a revelar grandes jogadores como Uéslei, Emerson, Marcelo Ramos, Clébson, Fabão, Robson Luis, Leandro Domingues, David Luiz, Obina, Leandro Bomfim, Marcelo Moreno, entre outros.

Chiquinho de Assis também trabalhou como técnico das equipes profissionais da Catuense e Camaçari, além de ter sido auxiliar do técnico Hélio dos Anjos.

 
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES