publicidade

Basílio

Ex-meia do Corinthians e herói de 77
João Roberto Basílio, o Basílio, autor do gol que tirou o Corinthians da fila de 22 anos, no dia 13 de outubro de 1977 contra Ponte Preta, no Morumbi. Entrou para história e graças a esse gol ficou conhecido como "Pé de Anjo". Nasceu no dia 4 de fevereiro de 1949, em São Paulo. Atualmente mora na Casa Verde, Zona Norte de São Paulo.
 
Iniciou sua carreira em 1964, nas categorias de base da Portuguesa-SP e foi contratado pelo Corinthians em 1975. No Timão, Basílio fez 253 jogos (128 vitórias, 67 empates, 58 derrotas) e marcou 29 gols a favor e 1 contra (números do "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte). Foi campeão paulista em 1977 e em 1979.
 
Permaneceu no Parque São Jorge até 1981, quando foi negociado. No final da carreira, foi utilizado como volante, tendo passado por Juventus da Mooca-SP e Nacional-SP, em 1981 e 1982, respectivamente. Depois de pendurar as chuteiras defendendo as cores do Taubaté-SP, em 1983, aventurou-se como treinador.

Passou pelo Corinthians como técnico, em 1987, 1989, 1990 e 1992. A melhor delas foi em 1990, quando conquistou a Taça dos Invictos. Mas ele teve problemas para renovar o contrato com Vicente Matheus e deixou o Parque São Jorge. Zé Maria da Boca assumiu em seu lugar. Treinou também o Botafogo-SP, Portuguesa Santista-SP e Juventus da Mooca-SP.
 
Oswaldo Brandão sonhou com o gol de Basílio

Basílio conta que o técnico Oswaldo Brandão teria sonhado com a final, um dia antes do Corinthians entrar em campo contra a Ponte Preta, no Morumbi, em 13 de outubro de 1977.
 
"Ele me falou que eu marcaria o gol do título. O Oswaldo Brandão sabia mexer positivamente com seus jogadores. E ele acabou acertando. Eu fiz o gol", conta Basílio.
 
Abaixo, com narração de Osmar Santos (à época pela Jovem Pan), o gol de Basílio na vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta em 13 de outubro de 1977, final do Paulistão, que rendeu o título ao Alvinegro após 23 anos:

 

Abaixo, ouça a participação de Basílio no "Domingo Esportivo" do dia 23 de abril de 2017. No bate-papo com Milton Neves, o ex-meia do Timão relembrou detalhes do título paulista de 1977:

 

    ver mais notícias
    Pelo Corinthians:

    Atuou em 253 jogos, sendo 128 vitórias, 67 empates e 58 derrotas. Marcou 28 gols e fez um gol contra.
    Fonte: Almanaque do Corinthians, de Celso Unzelte.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES