publicidade

Zezé Moreira

Ex-treinador da Seleção Brasileira
Alfredo Moreira Júnior, o querido ex-médio Zezé de passagens por Flamengo, Botafogo-RJ, América-RJ e Palmeiras e famoso treinador Zezé Moreira, nasceu em Miracema, Estado do Rio, em 16 de Outubro de 1907, e faleceu no Rio de Janeiro em 10 de Abril de 1998.
Como técnico, passou por grandes clubes como Botafogo, Fluminense, Vasco, Sport, Cruzeiro, São Paulo e Corinthians. Treinou também a Seleção Brasileira entre 1952 e 1955, inclusive na Copa do Mundo de 1954 na Suíça. Irmão dos também ex-treinadores Aymoré Moreira e Airton Moreira, nos deixou devido a uma insuficiência respiratória, aos 90 anos. Foi campeão carioca pelo Botafogo em 1948 e pelo Fluminense em 1951 e 1959, campeão paulista em 1970 pelo São Paulo e campeão da Libertadores da América em 1976 pelo Cruzeiro. Foi o treinador brasileiro na conquista do Pan-Americano de 1952, no Chile, primeiro título internacional obtido por nosso país.
Aos 35 anos já estava sentado no banco de reservas. Tido por muitos como retranqueiro, foi pioneiro na introdução da marcação por zona.
Em 1954, durante a Copa do Mundo, protagonizou um episódio inesquecível. Após a derrota brasileira para a Hungria, reagiu a uma cusparada desferida por um atleta do selecionado europeu acertando uma chuteira que carregava contra o ministro dos Esportes e técnico da Hungria Gustav Sebes.
Também trabalhou na Seleção Brasileira como espião e integrante da comissão técnica nas Copas do Mundo de 1958, 1962, 1966, 1970, 1982 e 1986.

por Marcelo Rozenberg
    ver mais notícias

    Segundo o Almanaque do Flamengo, de Roberto Assaf e Clóvis Martins, vestiu a camisa do Mengão em 13 jogos com oito vitórias, dois empates e três derrotas.

    De acordo com o Almanaque do Palmeiras de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti, defendeu o Verdão em 11 jogos com três vitórias, três empates e cinco derrotas.

    Como treinador, dirigiu o Corinthians, segundo o Almanaque do Corinthians de Celso Unzelte, em 58 jogos entre 1967 e 68 com 34 vitórias, 16 empates e oito derrotas.

    Treinou o São Paulo, de acordo com o Almanaque do São Paulo de Alexandre da Costa, em 57 jogos com 19 vitórias, 20 empates e 18 derrotas.

    O Almanaque do Cruzeiro, de Henrique Ribeiro, informa que Zezé comandou o clube em 131 jogos com 76 vitórias, 34 empates e 21 derrotas.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade -->
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      66
    • 2 Int
      61
    • 3 Fla
      60
    • 4 São
      57
    • 5 Grê
      55
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES