publicidade

Tico-Tico

Um dos primeiros repórteres de TV
por Tufano Silva
Um dos primeiros repórteres da televisão brasileira, José Carlos de Morais, conhecido como Tico-Tico, morreu em 15 de setembro de 1999, em São Paulo. Seu corpo está sepultado no tradicional cemitério São Paulo, na zona oeste da capital paulista.
Nascido em Angatuba, pequena cidade do interior paulista, em 24 de novembro de 1922, Tico-Tico conseguiu seu primeiro emprego na área jornalística na Agência Nacional. Durante o período na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, o repórter apostou também em seu lado artístico, cantando "emboladas? na tradicional Caravana Artística XI de Agosto.
Mais tarde, o jornalista conseguiu superar o seu forte sotaque do interior de São Paulo e marcou época nas rádios Educadora Paulista, São Paulo, Panamericana, Record, Bandeirantes e Tupi Difusora.
Na TV Tupi de São Paulo, Tico-Tico inovou: para agilizar as gravações, foi o primeiro a adaptar um pequeno teipe, além de ter sido o criador, junto com Mauricio Loureiro Gama, dos telejornais vespertinos.
Considerado um repórter atrevido, Tico-Tico era conhecido por seus furos de reportagens, além de ter entrevistado durante a sua carreira personalidades como Che Guevara, Fidel Castro, John Kennedy, todos os Papas, os governadores e os presidentes de sua época.
Abaixo, o histórico vídeo da entrevista de Tico-Tico com João Goulart, que havia acabado de assumir a presidência, em 1961, após a renúncia de Jânio Quadros

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES