publicidade

Sizino Patusca

Primeiro presidente do Santos
por Túlio Nassif
Quando falamos no nome "Santos Futebol Clube?, na hora lembramos do "Rei Pelé?. Entretanto, mal sabem os fãs e torcedores, que antes mesmo da equipe santista ser fundada, havia um homem muito importante, seu nome era Sizino Colatino Martins Patusca.
Fundado no dia 14 de abril de 1912, a criação do Santos ocorreu em um domingo, por intermédio de 39 esportistas.
Embora não estivesse presente ao evento, o primeiro presidente da agremiação, Sizino Patusca, foi eleito por aclamação que aconteceu na antiga sede do Clube Concórdia, mesmo tendo declarado dias antes, que não estava muito disposto a aceitar o cargo, pois estava cansado das atividades esportivas como dirigente, só concordando em emprestar o nome como mandatário máximo, pois Raymundo Marques lhe prometera que desenvolveria todas as atividades atinentes ao cargo. Ainda no evento, seriam definidas as cores do clube. Em uma primeira etapa, constituída por uma camisa com listras verticais azuis e brancas.
Permaneceu no cargo entre os anos de 1912 a 1913.
Sizino foi extremamente importante na história do Peixe. Foram importantes também, seus dois filhos mais velhos, Ary e Araken Patusca, afetos de dona Sebastiana, esposa de Sizino.
Ary estreou na equipe principal em 1913, foi bi-campeão Santista em 1913 e 1915. Permaneceu no Santos até 1923, quando foi convidado a atuar no exterior, na Inter de Milão.
Mais tarde, surgiria o "mito? Araken, quem fez mais sucesso. Em 1923, o time precisava de um jogador para preencher uma lacuna no ataque. Então, aos 15 anos, para integrar a equipe, Araken foi convidado e não decepcionou, marcou quatro gols no empate por 4 a 4 contra o Jundiaí. Ganhou seu primeiro título importante em 1935, o Campeonato Paulista.
O sucesso não parou, foi um dos grandes goleadores santista, tendo sido o principal artilheiro da campanha dos 100 gols de 1927. Sua saída, no entanto, foi um tanto conturbada, os santistas se sentiram traídos quando o atacante foi defender o São Paulo da Floresta, em 1931. Defendeu a Seleção Brasileira na primeira participação do time nacional na Copa do Mundo, em 1930, no Uruguai.
Ararê Patusca e os sobrinhos Arnaldo e Oswaldo Silveira também atuaram pelo Peixe, mas sem sucesso como o restante da família.
Os filhos e o Santos foram dois grandes orgulhos para Sizino. E nada mais justo que na Galeria dos Presidentes no Estádio Urbano Caldeira, Vila Belmiro, existisse uma sala que carregasse seu nome, em forma de homenagem, o "Complexo da Presidência Sizino Patusca?.
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES