publicidade

Rubéns Approbato Machado

Conselheiro vitalício do Corinthians, ex-vice presidente da FPF e presidente do STJD


Por Ednilson Valia

Rubéns Approbato Machado é ribeirão-pretano, nascido em 31 de agosto de 1933, renomado advogado, conselheiro vitalício do Corinthians, ex-vice-presidente da Federação Paulista de Futebol entre 1992 e 2002 e Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva com mandato até 2012.
Approbato é casado desde 09 de novembro de 1957 com Myriam.
Tem dois filhos, o engenheiro de produção Rubens Approbato Machado Filho e a advogada, Márcia Regina Approbato Melaré.
Tem quatro netos, dois de cada filho. 
O advogado Ricardo Approbato Melaré e Patricia, ambos filhos de Márcia.
E os filhos de Rubéns Filho, o engenheiro de produção Rubéns Approbatto e o advogado Eduardo.
Ilibado homem da justiça, faz muito sucesso na esfera esportiva e também na tributária. Rubéns Approbato nunca escondeu o seu amor pelo Sport Club Corinthians Paulista mais isso não o afastou do senso de honestidade, pois em um momento de crise no STJD, foi escolhido por colegas de diversas agremiações para presidir o órgão maior da Justiça do futebol brasileiro.
Em uma ocasião, sua seriedade foi referenciada quando julgou caso em relação ao Corinthians.
No Campeonato Brasileiro de 2007, o artilheiro do Timão, Finazzi foi expulso em uma partida contra o Goiás e teve que ser julgado pelo STJD, do qual Rubéns Approbato era o presidente, muitos desconfiaram que o centroavante sairia impune, mas foi condenado a dois jogos de suspensão, desfalcando o alvi-negro nos jogos finais da competição que resultou no rebaixamento a Série B do Brasileirão.
Em 2007, em uma das maiores crises morais e financeiras do Corinthians foi voz ativa para o afastamento do então presidente Alberto Dualib. O seu nome chegou a ser cogitado para presidir o clube do Parque São Jorge.
Por 10 anos (1992-2002) foi vice-presidente de futebol de Federação Paulista de Futebol na gestão de Eduardo José Farah.
Em 1995, assumiu a presidência da Federação Paulista de Futebol,  devido a licença do então presidente Eduardo José Farah.
Neste período aconteceu a final da Supercopa São Paulo de Juniores, entre Palmeiras e São Paulo, onde aconteceu uma guerra sangrenta entre os torcedores.
Após a final da competição, o presidente Rubéns Approbato Machado tomou várias medidas que reduziram drasticamente a violência nos campos de futebol naquele momento.
Approbato também exerceu a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil entre 1998 e 2000 e presidiu o Conselho Federal da OAB entre 2001 e 2004 e foi Secretário de Novos Negócios do Governo Orestes Quércia, no Estado de São Paulo.
Além da presidência do STJD, Approbato mantém o seu conceituado escritório de advocacia Approbato Machado Advogados.
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES