publicidade

Rodrigo Beckham

Ex-meia da Portuguesa Santista, Botafogo e Fortaleza

 por Kaique Lopreto, @kaiquelop

Rodrigo Juliano Lopes de Almeida, mais conhecido por Rodrigo Beckham, brilhou no final da década de 90 e, no começo dos anos 2000, chegou até ser cogitado na Seleção brasileira. Entretanto, ele, que nasceu no dia 8 de julho de 1976, na cidade de Santos, sofreu com contusões e foi esquecido pelos grandes times do Brasil. Agora, no começo de 2014, será assistente técnico do Boavista, do Rio de Janeiro.

O meia começou sua carreira na Portuguesa Santista em 1996. No ano seguinte, já conseguiu se transferir para o Guarani, clube que foi destaque com gols e assistências. Assim, em 1998, acertou com o Gama. Rodrigo foi o destaque da equipe de Brasília no título da Série B do mesmo ano.

Com esse ótimo começo como profissional, o Botafogo contratou o canhoto em 1999. Foi no time carioca que Rodrigo conseguiu suas melhores atuações. Ele estava no grupo vice-campeão da Copa do Brasil do mesmo ano. No começo dos anos 2000, ele virou o craque do time, foi por dois anos consecutivos o artilheiro do Glorioso.

Contudo, em 2002, foi emprestado ao Atlético-MG. Foi jogando pelo Galo que Rodrigo sofreu uma lesão no joelho, que comprometeu seus ligamentos. Mesmo machucado, aceitou uma proposta do Everton da Inglaterra. Na Europa, o meia pouco jogou e ainda piorou sua contusão no joelho.

Em 2004, acertou com o Corinthians para tentar recuperar seu prestígio no futebol. Porém, mais uma vez não conseguiu desenvolver seu jogo, não sendo muito aproveitado e ainda sofrendo críticas por participar de desfiles de moda na capital paulista. Foi por causa de sua vida como modelo que o atleta foi comparado ao meio-campo inglês David Beckham.

Até 2008, Rodrigo passou por diversas equipes, mas não conseguiu engrenar o bom futebol em nenhuma. Foi então que no começo desse ano, se transferiu para o Boavista. Pelo time de Saquarema, o meia voltou a brilhar e no ano seguinte foi para o Fortaleza, onde conquistou o Campeonato Cearense de 2009.

Então, em 2010, o Red Bull Brasil contratou Rodrigo para a disputa do Campeonato Paulista da Série A3. Como último lampejo de craque, o canhotinho liderou a equipe na conquista do título. Foi deste modo, que ele encerrou a carreira de jogador de futebol.

Logo após se aposentar, Rodrigo virou comentarista de televisão, na Rede TV. No entanto, logo desistiu da profissão. Agora, o ex-jogador está contratado para ser o auxiliar do técnico Américo Faria, ex-coordenador da seleção brasileira, no Boavista.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade -->
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      67
    • 2 Int
      62
    • 3 Fla
      60
    • 4 Grê
      58
    • 5 São
      58
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES