publicidade

Roberto Pinto

Ex-Ponte, Bangu e Vasco
Roberto Pinto, sobrinho de Jair Rosa Pinto, chegou veterano na Ponte Preta, mas ainda teve fôlego para jogar até 1974, quando encerrou a carreira no Olaria-RJ.

Quando faleceu, atropelado no Rio de Janeiro em 1994, o grande Roberto Pinto, que adorava jogar com as meias arriadas, era técnico de futebol.

Roberto Pinto foi titular do Clube de Regatas Vasco da Gama no épico super-super Campeonato Carioca de 1958.

Em 1959, Santos e Palmeiras decidiram o Super-Campeonato Paulista daquele ano com dois empates e uma vitória do Palmeiras (gol de Romeiro, de falta, fazendo Verdão 2 a 1), Super-Campeão.

E por que Super? Era quando havia necessidade de disputa extra para se decidir um campeonato, após dois times terminarem empatados ao final da última rodada no sistema turno e returno com pontos corridos.

Pois, em 1958, no Rio, três times terminaram empatados ao final do Campeonato Carioca: O Vasco, de Roberto Pinto, e mais Botafogo e Flamengo.
Ao final do primeiro triangular, não houve desempate, em dezembro de 58. Ai, em janeiro de 59, houve outro triangular e o Vasco da Gama foi o campeão com Miguel, Paulinho, Belini, Orlando, Coronel, Sabará, Écio, Pinga, Roberto Pinto, Vavá, Almir e outros craques inesquecíveis.

Portanto, o Vasco é super-super-campeão-carioca de 58 porque tivemos dois triangulares decisivos.
O saudoso Roberto Pinto marcou época também na Associação Atlética Ponte Preta de Campinas em 69, 70 e 71 ao lado de Dicá, Manfrini, Nelson Batista, Samuel, Wilson Quiqueto, Teodoro, Alan, Chicão e etc...

Ainda sobre a final do Super-supercampeonato Carioca de 1958, no dia 12 de dezembro de 2005, recebemos o seguinte e-mail do internauta José Eustáquio Rodrigues Alves:
"Prezado Milton, em duas cartas por mim enviadas a você anteriormente, tratei em um dos muitos assuntos à respeito de uma polêmica que existe em páginas de alguns ex-jogadores do Vasco da Gama à respeito da escalação do Vasco na final do super super de 1958.
 
 
Na citada polêmica, ambos os internautas estão errados, pois a equipe do Vasco naquela final foi: Miguel - Paulinho e Belini; Ecio - Orlando e Coronel; Sabará - Almir - ROBERTO PINTO - WALDEMAR e Pinga. Em seu site, na sua Biografia, no tópico A Infância, existe uma fotografia do Vasco em cuja legenda você faz uma referência ao ÉCIO, que é a fotografia do jogo final do super super. Esta fotografia poderá ser inclusive aproveitada para ser colocada nas páginas dos jogadores que nela estão, a título de ilustração e ESCLARECIMENTO.
Abraços José Eustáquio"



Ainda sobre Roberto Pinto, leiam o e-mail que recebi do vascaino Antonino Vasconcelos, no dia 22 de maio de 2005.

"Caro Milton Neves,

No seu programa de hoje você citou três jogadores antigos dos Vasco da Gama: Écio, Orlando e Coronel, e me fez lembrar de quando ainda morava na minha terra, Pratápolis-MG, eu era torcedor fanático do Vasco, pois o mineiro daquela época , além dos times de Minas, torcia muito p/ os times do Rio de Janeiro. E em 1958, após a conquista do título mundial, houve a disputa do Super-super campeonato carioca, e eu tinha 12 anos de idade e me lembro até hoje a escalação dos dois times: E a final do Super-super carioca, ficou com Vasco x Flamengo. E os dois times atuaram com:

Vasco da Gama: Barbosa, Paulinho e Bellini; Écio , Orlando e Coronel; Sabará , Almir, Vavá , Rubens e Pinga. Flamengo: Fernando, Joubert e Pavão; Jadir, Dequinha e Jordan; Joel , Moacir, Henrique, Dida e Babá.

E o Vasco ganhou de 2x1, gols de Almir e Pinga p/ o Vasco.
Naquela época já gostava do Corinthians por causa do goleiro Gylmar. Em 1964, mudei para Franca-Sp para trabalhar e estudar e aí virei corintiano pra valer. Hoje é o meu time do coração. E ainda bem que meu coração é bom. Quis lhe transmitir esse fato, pela maneira como você tem tido com seus programas de televisão, quando neles ressalta os valores dos nossos jogadores já aposentados, mas que muito contribuíram para que nosso futebol seja o maior do mundo, até hoje. Fraternal abraço do
Antonino Vasconcelos"
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES