publicidade

Prado

Ex-atacante do São Paulo e Corinthians
Ex-atacante do São Paulo e do Corinthians, Prado, o Antônio Francisco Bueno do Prado, nascido em Catanduva (SP) no dia 13 de maio de 1940, morreu em 31 de agosto de 2017, aos 77 anos, em São Paulo-SP. Prado era dono de uma casa lotérica situada na rua Caraíbas, em Perdizes, zona oeste da capital paulista.

Numa noite, de 2001, o ex-atacante estava trabalhando em sua lotérica quando foi assaltado. Mesmo entregando todo o dinheiro do dia, ele foi baleado, recebendo três tiros na barriga.

"Eu não morri porque Deus não deixou. Mas minha tradicional velocidade também me ajudou porque quem escapou de tanto beque carniceiro jamais perde o jogo de cintura", dizia às gargalhadas.

Prado jogou no São Paulo por quase 10 anos, mas em 1967 foi para o Corinthians ao lado do lateral Osvaldo Cunha. Os dois foram trocados pelo zagueiro Eduardo Albuquerque, genro de Milton Galdão, ex-presidente da ACEESP.

No Tricolor, foram 242 jogos (129 vitórias, 57 empates, 56 derrotas) e 122 gols.

No Corinthians, Prado fez apenas 14 jogos e marcou dois gols. Deixou o Parque São Jorge em 1969 e depois ainda defendeu o Bangu e o Bragantino.
 
Para chegar em Moça Bonita, Prado foi incluído na transação do ponta-esquerda Aladim para o Corinthians.
 
O melhor e único momento do ex-meia na seleção brasileira foi em 1966, quando num amistoso internacional contra a Hungria, num domingo à noite no Pacaembu, ele foi escalado por Aimoré Moreira e Luis Alonso Peres, o Lula, como titular da seleção brasileira, de camisa azul, que goleou a seleção magiar por 5 a 3. O Brasil teve: Félix; Carlos Alberto Torres, Djalma Dias, Procópio e Edilson; Lima e Nair; Marcos, Prado, Servílio e Abel. Rivellino ficou na reserva.
 
E atenção: ao contrário do que dizem Rogério Assis e Luis Carlos Quartarollo, o ex-meia Prado não era pai do jornalista Flávio Prado. O pai de Flávio Prado chamava-se Cesário e também já é falecido. Morreu na cidade de Campinas (SP).

Fonte de consulta dos números: Almanaque do São Paulo - Alexandre da Costa / Almanaque do Corinthians - Celso Unzelte
    ver mais notícias
    ver mais Áudio

    Pelo São Paulo:

    Atuou em 242 jogos, sendo 129 vitórias, 57 empates e 56 derrotas. Marcou 122 gols. Fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa.

    Pelo Corinthians:


    Atuou em 14 jogos e marcou 2 gols.
    Fonte: Alamaque do Corinthians de Celso Unzelte.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES