publicidade

Pedrinho Vicençote

Ex-lateral do Palmeiras e Vasco
por Marcelo Rozenberg
 
Nascido em Santo André 22 de outubro de 1957, Pedro Luiz Vicençote, o lateral Pedrinho do Palmeiras e do Vasco, viveu seu melhor momento no Verdão. Estreou no time principal em 1978 em uma vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians de Presidente Prudente em 22 de março de 1978, após ter sido revelado na Taça São Paulo de Juniores.
 
Deixou o Parque Antártica três anos depois. Suas atuações convincentes o levaram à Seleção Brasileira. Na Copa de 1982, fez parte do grupo comandado por Telê Santana como reserva de Júnior.
 
Defendeu também, além do Vasco, Bangu e Catânia, da Itália. Atualmente residindo no Rio de Janeiro, é empresário de jogadores de futebol. Tem ligações com vários clubes da Itália, para onde costuma levar atletas cuja carreira gerencia.
 
Pedrinho pagou caro pela falta de planejamento da diretoria do Palmeiras, que após o time ser eliminado da decisão do Campeonato Paulista de 1980, desmontou o time. O lateral ficou sendo o único jogador de alto nível do elenco, porém incapaz de conduzi-lo a bons resultados. Não demorou a se transferir para São Januário.
 
Segundo o Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti, disputou 225 jogos pelo Verdão com 92 vitórias, 75 empates, 58 derrotas e 17 gols marcados.
 
De acordo com o livro "Seleção Brasileira - 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf, fez 16 jogos com a camisa amarela com 11 vitórias, três empates, duas derrotas e um gol marcado, na partida em que o Brasil venceu Portugal por 4 a 0 em 6 de junho de 1983.

    ver mais notícias

    Pelo Palmeiras:

    Atuou em 225 jogos, sendo 92 vitórias, 75 empate e 58 derrotas. Marcou 17 gols.
    Fonte: Almanaque do Palmeiras, de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti.

    Pela Seleção Brasileira:


    Atuou em 16 jogos, sendo 11 vitórias, três empates e duas derrotas. Marcou um gol (no jogo Brasil 4 x 0 Portugual, em 5 de junho de 1983).
    Fonte: "Seleção Brasileira - 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES