publicidade

Nei

Ex-ponta do Palmeiras e Ferroviária
por Milton Neves e Rogério Micheletti
 
Elias Ferreira Sobrinho, o Nei, o grande camisa 11 do Palmeiras (de 72 a 80), nascido no dia 15 de agosto de 1949, em Nova Europa (SP), tem dois filhos e mora atualmente em Ibitinga, interior de São Paulo.

Lá, ele vendeu, há tempos, sua pizzaria e hoje é o Secretário de Esportes da Prefeitura da cidade.

Nei foi também professor de futebol da escolinha do Estádio Nicolão. Ele foi revelado pela Ferroviária de Araraquara (SP) e jogou também no São Bento de Sorocaba (SP), Botafogo de Ribeirão Preto (SP) e no Grêmio Maringá (PR), seu último clube, em 83.
 
Um dos melhores pontas canhotos da história da Sociedade Esportiva Palmeiras, Nei foi um dos grandes dribladores do futebol brasileiro nos anos 70.

Ele, de um lado, e o velocista Edu, do outro, costumavam enlouquecer vários laterais na década de ouro para o Verdão.

Pelo Palmeiras, Nei fez 488 jogos e marcou 71 gols (segundo números do "Almanaque do Palmeiras", de Celso Unzelte). Os títulos pelo Verdão foram: Paulista de 1972, 74 e 76; Brasileiros de 72 e 73.

"Sempre era uma grande dificuldade marcar o Nei, um jogador de extrema habilidade", conta o ex-corintiano Zé Maria, que travou grandes duelos com o ex-ponta palmeirense.

Nei é tão querido em Ibitinga (SP) que, em agosto de 2005, recebeu o título de cidadão ibitinguense.
    ver mais notícias

    Pelo Palmeiras:

    Nei fez 488 jogos e marcou 71 gols (segundo números do "Almanaque do Palmeiras", de Celso Unzelte). Os títulos pelo Verdão foram: Paulista de 1972, 74 e 76; Brasileiros de 72 e 73.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES