publicidade

Marcial

Ex-goleiro do Corinthians e Flamengo
por Milton Neves e Rogério Micheletti
 
Marcial de Mello Castro, o Marcial, morreu em 2 de agosto de 2018, aos 77 anos, vítima de infarto.
 
Nascido em Tupaciguara (MG) no dia 3 de junho de 1941, foi pai de quatro filhos (três homens e uma mulher), avô de cinco netos e era pescador e médico anestesista em sua cidade natal.
 
Segundo o site Galo Digital, Marcial defendeu o Atlético-MG entre 1962 e 1963, tendo disputado 37 jogos e sofrido 33 gols. Foi campeão mineiro em 1962.
 
Bom goleiro do Corinthians nos tempos de Wadih Helou (entre 65 e 67), há muito tempo, deixou o mundo do futebol. Marcial, desde 1968, dedicava-se inteiramente à medicina, tendo trabalhado nos hospitais São José I e II, em Belo Horizonte (MG).

Foi goleiro da Seleção Mineira (em 1963) e do Flamengo (1963-65). No Flamengo, jogando a decisão do Campeonato Carioca de 63, perante 200 mil torcedores no Maracanã, naquele Fla 0x0 Fluminense, com o Fla campeão, Marcial fez a defesa mais fantástica que o maior estádio do mundo já viu.

Segundo Nelson Rodrigues, "Marcial, num passe de mágica, fez a bola marrom chutada à queima-roupa por Escurinho, sumir", lamentava o saudoso e inesquecível jornalista, escritor e dramaturgo. É que o 0 a 0 mantido por Marcial, deu o título ao Flamengo para a tristeza dos tricolores como Nelson Rodrigues.
 
ABAIXO, VÍDEO DA TV GALO COM UMA ENTREVISTA DE MARCIAL AO REPÓRTER KLEYTON BORGES, GRAVADO EM 2010

    ver mais notícias
    ver mais Áudio

    Pelo Flamengo

    Com a camisa do Fla, Marcail atuou em 87 partidas, obtendo 50 vitórias, 18 empates e 19 derrotas (fonte: Almanaque do Flamengo - Clóvis Martins e Roberto Assaf).

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade -->
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      67
    • 2 Int
      62
    • 3 Fla
      60
    • 4 Grê
      58
    • 5 São
      58
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES