publicidade

Mão de Onça

Ex-goleiro do Operário de Campo Grande
Mão de Onça, o Athanásio de Almeida, goleiro do Operário de Campo Grande no final dos anos 70, hoje mora no Jardim Anahy, na capital sul-matogrossense, onde trabalha como comerciante e é acadêmioco de Direito.
Casado, pai de três filhos (Alessandra, Roberto e Rogério) e avô de três netas (Thacyane, Katiely e Cristielly), Mão de Onça pendurou as luvas em 1979, jogando pelo Operário.
Nascido no dia 27 de setembro de 1944, em Miranda (MS), Mão de Onça começou a carreira de jogador no Indústria Futebol Clube, de Campo Grande. Em 1962, ele defendeu, enquanto militar da aeronáutica, o ASA da Aeronáutica.
Dois anos depois, ele chegou a ter a oportunidade de treinar no Juventus da Mooca, time do antigo goleiro que também tinha o apelido de Mão de Onça.
Em 1966, voltou para Campo Grande e jogou no Operário. Quatro anos depois foi para o Rio de Janeiro. Ficou seis meses no Flamengo, entre 1970 e 1971. Não teve muitas chances no rubro-negro e voltou para o estado do Mato Grosso do Sul, onde defendeu o SEI, Sociedade Esportiva Industriária, entre 1971 e 1976.
Em 1977, ele retornou ao Operário. Lá, chegou a ser reserva de Manga, goleiro que brilhou no Internacional e no Botafogo do Rio.
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES