publicidade

Kia Joorabchian

Empresário e ex-presidente da MSI

por Tufano Silva

No final do ano de 2004, a polêmica parceria entre Corinthians e a Media Sports Investment, presidida pelo iraniano Kiavash Joorabchian, também conhecido como Kia Joorabchian, monopolizou a atenção de toda a mídia esportiva brasileira.

Após cumprir com suas promessas e trazer jogadores de renome para o Timão, o empresário do Irã tornou-se instantaneamente uma celebridade no Brasil. Entre as contratações que mais empolgaram os corintianos, estavam as dos argentinos Carlos Tevez e Javier Mascherano, e dos brasileiros Roger, Carlos Alberto e Marcelo Mattos.

Em 2011, Kia seguia gerenciando a carreira de alguns jogadores, tinha planos de comprar um clube inglês, o Southampton Football Club, e mantinha um bom relacionamento com o Manchester City, no qual atuava Tevez, um de seus clientes mais famosos.

O início no mundo dos negócios 

O iraniano começou a trabalhar na revendedora da Mercedes-Benz de sua família, em Kent, no sudeste da Inglaterra. Em 1999, em parceria com Reza Kermani, comprou 85% do jornal russo Kommersant, que era, até então, o principal diário independente do país.

Fundou a Media Sports Investment em 2004, com ajuda do russo Boris Berezovsky, e logo viu a oportunidade de expandir seu negócio no "país do futebol?. O clube escolhido para penetrar no mercado brasileiro foi o Corinthians, à época, presidido por Alberto Dualib, e uma das maiores marcas dentre as equipes do país.

Parceria com o Corinthians

Durante o período de parceria entre a MSI e o Corinthians, a empresa trouxe para o Parque São Jorge os "Galácticos? Carlos Tevez, Javier Mascherano, Johnny Herrera, Roger, Carlos Alberto, Gustavo Nery, Marinho e Marcelo Mattos, entre outros.

Com estas contratações, o Timão conquistou o Campeonato Brasileiro de 2005. Título contestado por parte dos torcedores brasileiros, já que o Alvinegro foi favorecido com as 11 partidas remarcadas, devido ao escândalo envolvendo o árbitro Edilson Pereira de Carvalho, e também pela não marcação de um pênalti no jogo entre Corinthians e Internacional, no Pacaembu, quando Fábio Costa teria feito falta em Tinga dentro da área.

A dolorosa eliminação do Corinthians da Copa Libertadores da América em 2006 acabou enfraquecendo o bom relacionamento da torcida com alguns dos principais jogadores do time, e, consequentemente, com a investidora.

E após muitas investigações do Ministério Público, que buscava provas de que a MSI estava lavando dinheiro no Brasil, o Conselho Deliberativo do Corinthians, por unanimidade, decidiu encerrar a parceria com a empresa de Kia Joorabchian, no dia 24 de julho de 2007.

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES