publicidade

Juvenal Juvêncio

Presidente do São Paulo

por Tufano Silva

Nascido em Santa Rosa de Viterbo, cidade do interior do estado de São Paulo, em 25 de fevereiro de 1934, Juvenal Juvêncio morreu em 9 de dezembro de 2015, após anos de luta contra um câncer na próstata.

Era advogado, ex-deputado estadual, e em 2008 foi eleito pela terceira vez presidente do São Paulo Futebol Clube. E no dia 12 de dezembro de 2012, após um incomodo jejum de três anos sem títulos, estava presente na conquista da Copa Sul-Americana.

O primeiro cargo de Juvenal no Tricolor paulista foi o de diretor de futebol nas duas gestões do ex-mandatário Carlos Miguel Aidar. Assumiu a presidência em 1988, e, nesse seu primeiro mandato, o time do Morumbi conseguiu apenas um título: o Campeonato Paulista de 1989.

Ficou afastado do futebol até 2003, quando, após muita insistência do então presidente são-paulino Marcelo Portugal Gouvêa, Juvenal Juvêncio assumiu mais uma vez o cargo de diretor de futebol do Tricolor.

Foi Juvenal o responsável por montar o elenco que conquistou a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes em 2005.  Voltou à presidência do clube em 2006, quando o São Paulo conseguiu uma sequência de três títulos do Campeonato Brasileiro (2006/2007/2008).

Neste período, o mandatário sempre esteve em evidência em função de alguns desentendimentos com outros dirigentes brasileiros. Os casos de maior repercussão foram com Andréz Sanches, presidente do Corinthians, e Ricardo Teixeira, presidente da CBF.

Juvenal Juvêncio foi reeleito em 2008, e, com o novo estatuto do São Paulo Futebol Clube, seu mandato foi até 2011.

    ver mais notícias
    ver mais Áudio

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES