publicidade

Jesuz Ribeiro, o Jê

Ex-atacante da Prudentina e Francana

Jesuz Ribeiro, o Jê, nasceu em Presidente Epitácio (SP), em 02/05/1943.
Filho de Martim Ribeiro e Iracema Cardoso Ribeiro, (ambos já falecidos), estudou no Grupo Escolar Rural de Presidente Epitácio (1ª a 4ª série), depois no Instituto de Educação de Fernandópolis (5ª a 7ª série) e na EEPSG 18 de Junho de Presidente Epitácio na 8ª série(todas no estado de São Paulo).

Curso Superiores: 1980/1983 Letras - APEC de Presidente Prudente/SP; 1985/1990 Direito ? FADAP de Tupã/SP
Foi funcionário do Centro Educacional SESI nº. 268, em Presidente Epitácio durante 20 anos de 1974 a 1994.

Trajetória no Futebol:

Com apenas 15 anos de idade, iniciou na A.A Epitaciana na época dos grandes derbis, contra o
E.C Fluvial, (onde tinha os craques legendários e que fizeram história no futebol Epitaciano), tais como: Leirton, Renato Aranha, Zinho (falecido), Teixeira, Miruca (falecido), Beca(falecido),Piscuila (falecido), Teia, Matateu (falecido),Edson, Barroca (falecido), Pedro Cera, Pigmeu, Toco (falecido), Zeiton, Mazza, dentre outros.
Em 1963 foi levado para jogar na Prudentina, pelo Senhor Felix Ribeiro Marcondes, Presidente do Clube.

Em 1964 foi emprestado pela Prudentina à A.A Francana da cidade de Franca/SP e,posteriormente, de 1965 a início de 1969, defendeu as cores do Fernandópolis F.C da cidade que lhe empresta o nome onde foi e é ídolo até hoje, juntamente com Teia e Canhoto, sendo que estes, depois, foram para a Ferroviária de Araraquara e São Paulo F.C.

Durante o ano de 1969, defendeu o Corinthians de Presidente Prudente/SP, disputando o Campeonato Paulista da divisão A2.

Em 1970, juntamente com o jovem Mitaim, foi levado pelo amigo Dedé, para defender as cores do Oriente Petrolero de Santa Cruz de La Sierra ? Bolívia, ficou com Mitaim até o inicio de 1975.

Durante o período que jogaram pelo Oriente Petrolero, tiveram a oportunidade de disputar
02(duas) Copas Libertadores da América, sendo que no ano de 1972, enfrentaram as equipes do América e do Barcelona, das cidades de Guaiaquil e Quito no Equador, e no ano de 1973, contra os Times do River Plate e San Lourenzo de Almagro, ambos de Buenos Aires, Argentina.

Ressalta-se, que Jesuz, Dedé, Toninho (Mitaim) e o falecido Matateu fizeram história no vizinho País Bolívia, onde são lembrados e aclamados como verdadeiros heróis e ídolos, não só pela torcida do Oriente Petrolero, mas por todos desportistas e povo Boliviano (especialmente pelas crianças e jovens, que os adoram até os dias de hoje).

Tudo isso pelo bem que os mesmos fizeram pela projeção e o engrandecimento do futebol naquele país.

No ano de 1973 casou-se com Elza Conceição Villalba Ribeiro.
Em 1975 retornou a Presidente Epitácio/SP, retomou os estudos e como alimento do ego foi defender as cores do glorioso Beira Rio E.C, onde jogou até completar 38 anos de idade, isto em 1981, quando parou de jogar profissionalmente.

Em 1990 formou-se em Advocacia, profissão que até hoje exerce com muito carinho e dedicação humana e profissional.

Atualmente, dedica seu tempo à profissão de advogado, Diretor De Esporte da Cidade de Presidente Epitácio/SP, sua família e os amigos, principalmente os desportistas e atletas do seu querido Oriente Petrolero Epitaciano, onde disputa o Campeonato de futebol Master.

Colaboração de Fabio Villalba

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES