publicidade

Hiroshi Shimuta

Empresário paulista

por Marcos Júnior Micheletti

Natural da cidade de Bento de Abreu, interior de São Paulo, Hiroshi Shimuta chegou em São Paulo aos dois anos de idade com sua família, que antes trabalhava na lavoura.

Na capital paulista, seu pai começou como aprendiz de tintureiro, que lhe rendia salário suficiente apenas para o pagamento do aluguel da pequena casa na Rua Padre Machado, no bairro da Saúde. A mãe, além de cuidar dos filhos, começou a lavar e passar roupas na vizinhança, atividade que culminou com uma lavanderia localizada na Rua Luis Góis, também na Saúde.

O pequeno Hiroshi, nascido em 20 de agosto de 1943, começou a trabalhar cedo, aos seis anos de idade, entregando roupas com sua bicicleta.

A família possibilitou estudo aos filhos e Hiroshi trabalhava durante o dia e estudava à noite. Esforço e determinação o levaram a quatro cursos universitários e especializações em Porto Rico e Estados Unidos.

Trabalhou no extinto Mappin e foi alto executivo do City Bank, quando saiu após um acordo de demissão voluntária, abrindo a Nicom em 1989, uma pequena loja de apenas 35 m² e seis funcionários.

Hoje, a Nicom é conhecida como o "Gigantão da Construção", conta com mais de 300 funcionários em sua loja na Rua Ática, no Campo Belo, e se consolidou como uma das maiores do país.

Em 1º de fevereiro de 1974, Hiroshi Shimuta estava no incêndio do Edifício Joelma, tragédia que matou 191 pessoas e deixou mais de 300 feridos. CLIQUE AQUI E VEJA O SITE DA NICOM.

Com muita paciência e fé, segundo o próprio Hiroshi Shimuta relatou em entrevista a  Milton Neves, no Domingo Esportivo da Rádio Bandeirantes em 09 de fevereiro de 2014, sobreviveu sem nenhum ferimento, mas com a alma mudada, tornando-se um grande benemérito, responsável por importantes obras assistenciais, ao lado do Rotary Club Aeroporto, entre eles o Hospital São Miguel Arcanjo, no interior de São Paulo.

O hospital, que foi doado ao SUS (Sistema Único de Saúde), foi orçado pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em R$ 21 milhões e acabou sendo feito por R$ 6 milhões, graças a um gerenciamento rigoroso de contas e doações.

ABAIXO, VÍDEO COM DEPOIMENTO DE MILTON NEVES EM HOMENAGEANDO HIROSHI SHIMUTA E A NICOM, EM 28 DE JUNHO DE 2017, SOBRE OS 28 ANOS DA LOJA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

CLIQUE AQUI e para acessar a matéria sobre a festa de 75 anos de idade de Hiroshi Shimuta, na Nicom.

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES