publicidade

Fabinho Fontes

Ex-meia do Corinthians

por Rogério Micheletti
Fábio Roberto Teixeira Fontes, o Fabinho Fontes, ex-meia-direita do Corinthians, nos anos 90, esteve jogando no Independente, de Limeira (SP), no América de Natal (RN), no Paulista de Jundiaí, no Castanhal (PA) e em 2007 foi para o Ananindeua (PA), onde ficou mais conhecido como Fabinho Paulista. Em 2008, ele defendeu o Imperatriz (MA) na Copa do Brasil.
Depois de alguns anos no futebol do norte do País, ele pendurou as chuteiras e começou a atuar no time de veteranos do Corinthians.


Carreira

O paulistano Fabinho Fontes nasceu no dia 29 de março de 1974 e era apontado como uma grande promessa corintiana em 93, ano em que foi eleito o craque da Copa São Paulo de Futebol Juniores. No entanto, ele nunca mostrou nas poucas chances que teve na equipe profissional o mesmo futebol que jogou nas categorias inferiores do Timão.
Foto: Fabinho Fontes (centro) comemora título da Copa São Paulo de Juniores 2005 com Webster (esquerda).

Fabinho, Márcio Araújo, Piá...
 
Em 1994, Fabinho Fontes praticamente não foi utilizado pelo técnico de juniores do Corinthians, o ex-volante Márcio Araújo. O meia teria tido um atrito com o treinador, conhecido por ser um sujeito calmo. Márcio Araújo optou então por Piá, meia que estava emprestado pela Internacional de Limeira e que depois, profissionalmente, ficou famoso por algumas polêmicas dentro e fora dos gramados. Piá inclusive teve problemas com a Justiça. O curioso é que Piá atuou depois no time principal corintiano em 2004. Piá também defendeu o Santos, o Cruzeiro, a Ponte Preta, a Portuguesa, entre outros times.
Em 95, ele foi artilheiro corintiano na Copa SP. Fabinho teve algumas chances de jogar com o técnico Eduardo Amorim e marcou um gol na derrota do Corinthians para o Bragantino por 2 a 1, no Parque São Jorge, no dia 6 de setembro de 95.
Fabinho Fontes deixou o Parque São Jorge e jogou em diversas equipes, entre elas o Bragantino (SP), Liga Deportiva de Quito, Londrina (PR), Figueirense (SC), Taubaté (SP), Sampaio Correa (MA), América de Natal e Paulista de Jundiaí. Também teve passagens pelo futebol do português e do Equador. Viveu por um tempo no Pará,defendeu o Castanhal e o Ananindeua, inclusive foi um dos artilheiros do estadual de 2007.
No Corinthians
Fabinho fez parte do elenco corintiano campeão paulista de 1995. Ao todo, segundo o "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte, o meia jogou 14 partidas pelo time profissional alvinegro e marcou um gol (já citado acima).
Polêmico e grande batedor de faltas
Uma das principais características de Fabinho Fontes é a qualidade nas bolas paradas. Ex-companheiros do meia nos tempos de Corinthians não esquecem a precisão dele nos arremates. "É um excelente jogador. Batia falta como poucos. Acho que só não fez sucesso mesmo no Corinthians porque não levava coisa pra casa. Era de falar muito. Mas tinha um talento enorme e sempre foi um grande amigo", conta o volante Gilmar Fubá, que atuou nas categorias de base com Fabinho.

Prisão
No dia 5 de março de 2012, Fabinho Fontes foi detido,  acusado de abusar sexualmente de uma menina de cinco anos dentro de um automóvel. O ex-jogador foi conduzido ao 26º Distrito Policial, no bairro do Sacomã, em São Paulo, e depois transferido para o Centro de Detenção Provisória de Pinheiros.

    ver mais notícias
    Pelo Corinthians:

    Fabinho fez parte do elenco corintiano campeão paulista de 1995. Ao todo, segundo o "Almanaque do Corinthians", de Celso Unzelte, o meia jogou 14 partidas pelo time profissional alvinegro e marcou um gol.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES