publicidade

Eduardo Albuquerque

Ex-zagueiro do Corinthians e São Paulo

por Eliana Santos

Eduardo, o Eduardo Barbosa de Albuquerque, foi zagueiro-central do Corinthians, de 1961 a 67, do São Paulo, de 1967 a 71, do Cruzeiro em 1968, do Náutico em 1971, e da seleção brasileira em 1963 e 1964. No ano de 2017, seguia morando em Alphaville, na Grande São Paulo, e trabalhando como corretor de imóveis.

Nascido em São Paulo em 22 de fevereiro de 1943, após parar com a bola, em 1972, e formado em Economia, trabalhou como executivo na Editora Abril por 13 anos, no ramo gráfico, e na Listel Listas Telefônicas (19 anos), no ramo publicitário. Mais tarde, em Itu-SP, atuou em sociedade com a filha em uma empresa de consultoria que desenvolvia atividades ligadas aos ramos gráficos, de transporte, de distribuição e de informática.

Era casado com Stela Maria Galdão de Albuquerque, filha de Milton Galdão, saudoso jornalista esportivo de mídia impressa e ex-presidente da ACEESP. Stela faleceu no dia 10 de maio de 2016.

Eduardo, um dos mais corretos e leais zagueiros de nosso futebol, tem dois filhos e cinco netos.
Em sua passagem pelo Timão, onde começou a jogar em 1958, atuou em 183 partidas e não marcou nenhum gol (fonte: Almanaque do Corinthians - Celso Unzelte).

No Tricolor do Morumbi, foram 41 partidas (19 vitórias, 7 empates, 15 derrotas) e também sem nenhum gol marcado (fonte: Almanaque do São Paulo - Alexandre da Costa).

Pela seleção brasileira, Eduardo atuou em nove partidas (5 vitórias, 1 empate, 3 derrotas) e também não balançou as redes (fonte: Seleção Brasileira 90 anos - Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf).

    ver mais notícias

    Pelo Corinthians:

    Em sua passagem pelo Timão, onde começou a jogar em 1958, atuou em 183 partidas e não marcou nenhum gol.

    Fonte: Almanaque do Corinthians , de Celso Unzelte

    Pelo São Paulo:

    No Tricolor do Morumbi, foram 41 partidas (19 vitórias, 7 empates, 15 derrotas) e também sem nenhum gol marcado (fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa).

    Pela Seleção Brasileira:

    Eduardo atuou em nove partidas (5 vitórias, 1 empate, 3 derrotas) e também não balançou as redes (fonte: Seleção Brasileira 90 anos ? Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf).

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES