publicidade

Éder Aleixo

Ex-ponta do Galo, Grêmio e Palmeiras
por Rogério Micheletti

Éder, o Éder Aleixo de Assis, nascido no dia 25 de maio de 1957, ótimo ponta-esquerda do Grêmio, Atlético Mineiro e Palmeiras, trabalha como empresário no ramo de posto de combustíveis, é representante de óleo lubrificante, foi comentarista da Rede Globo/Minas e joga futebol masters.

Em 19 de março de 2012 estreou como um dos apresentadores  do programa "GOLASÔ", atração esportiva da Band Minas de segunda à sexta-feira, das 12h30 às 13h15.

Mineiro de Vespasiano, Éder começou a se destacar verdadeiramente no futebol no Tricolor gaúcho, então comandado por Telê Santana. O time gremista vivia um jejum de títulos, já que naquela época o Internacional, de Falcão e companhia, era o dono do Rio Grande do Sul.

O Tricolor que desbancou o fortíssimo Colorado tinha: Corbo; Eurico (ex-Palmeiras), Ancheta, Oberdan e Ladinho; Vitor Hugo, Iura e Tadeu Ricci; Tarciso, André Catimba e Éder.

Éder, à época atleta do Atlético-MG, foi uma das estrelas da Seleção Brasileira de 82, eliminada pela Itália. Ele, que era conhecido como "O Bomba da Vila Olímpica", começou a carreira no América (MG) e jogou também na Inter de Limeira, Santos, Sport, Botafogo (RJ), Cerro Porteño/Paraguai, Fenerbahçe-TUR, União São João (SP), Montes Claros (MG), Atlético (PR) e Cruzeiro, onde foi campeão da Copa do Brasil de 93.

Um dos gols mais marcantes feitos por Éder aconteceu na semifinal do Campenato Paulista de 1986. Então ponta-esquerda do Palmeiras, Éder marcou um gol olímpico contra o Corinthians, do goleiro Carlos, e ajudou a conduzir o time alviverde à final daquele estadual.

Na seleção, o gol do ex-ponta na União Soviética, do goleiro Dasaev, dificilmente sairá da memória dos brasileiros. A "bomba", indefensável, deixou o mundo da bola boquiaberto durante a Copa de 82.

Ainda sobre Éder, confira o e-mail que recebemos no dia 1º de julho de 2008, do excelente Wilson Périco. Muito obrigado, Wilson!

"O Donah jogou também na Caldense, de Poços de Caldas. Acredito ter sido o último time profissional pelo qual atuou. Lembro dele contar de um jogo contra o Galo que o Eder bateu uma falta e ele matou a bola no peito. Depois o Eder fez três gols nele e a cada gol mandava matar novamente no peito.
Grande abraço,
Wilson Périco"
 
Ainda sobre Éder Aleixo, veja o e-mal do internauta Sérgio Siffert

De: Sérgio Siffert [mailto:sergiosiffert@yahoo.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 6 de novembro de 2008 14:47
Para: miltonneves@terceirotempo.com.br
Assunto: Futebol mineiro

Caro Milton, vc. se diz atleticano, por isso não deve gostar muito do glorioso América Mineiro, de tantos craques revelados para o futebol brasileiro.
Fiquei indignado, pricipalmente na página: QUE FIM LEVOU?, sobre o nosso grande Eder Aleixo, NÃO haver nenhuma referência, ao fato dele ter começado a carreira no América, clube q. o acolheu aos 12 anos de idade.
No América ele já era titular do profissional, aos 16 anos, depois de ter sido campeão juvenil, em cima do seu galo...
Aliás, a foto inicial da página, dele na seleção brasileira juvenil, é justamente na época em q. ele se destacava no time do América-MG... Só depois ele foi para o Grêmio, onde CONTINUOU se destacando....
Muito bom seu site, e seus arquivos,
mas poderiam fazer essa correção.
 
Abaixo, ouça a participação de Éder Aleixo no Domingo Esportivo, da Rádio Bandeirantes, no dia 6 de agosto de 2017:
 
 

    Pela Seleção Brasileira:

    Com a camisa da Seleção Brasileira, Éder disputou 52 partidas oficiais. Foram 32 vitórias, 13 empates e sete derrotas e marcou nove gols, segundo números do livro "Seleção Brasileira 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf.

    Pelo Palmeiras:


    Pelo Palmeiras, entre 1986 e 1987, Éder Aleixo atuou em 28 partidas (11 vitórias, oito empates e nove derrotas) e marcou cinco gols, segundo informações do "Almanaque do Palmeiras", de Celso Unzelte e Mário Sérgio Venditti.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade -->
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      67
    • 2 Int
      62
    • 3 Fla
      60
    • 4 Grê
      58
    • 5 São
      58
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES