publicidade

Dequinha

Ex-volante e ídolo do Flamengo
por Ednilson Valia
 
José Mendonça dos Santos - o polivalente Dequinha - excelente volante, se tornou um dos ídolos do grande time do Flamengo, tricampeão carioca em (1954/55/56). Convocado por Zezé Moreira, disputou a Copa de 1954, na reserva de Bauer.

Natural de Mossoró, nasceu no dia 19 de março de 1928,no Rio Grande do Norte e faleceu no dia 23 de março de 1997, na cidade de Aracaju, no Sergipe.

Revelado pelo Atlético de Mossoró em 1945, iniciou a carreira como ponta-esquerda, mas em seguida transferiu-se para o Potiguar, onde atuou como volante. Dequinha era aguerrido, marcava forte, além de ser preciso nos passes e jogando o fino da bola chamou atenção do ABC, de Natal, que em pouco tempo o negociou com o América do Recife. Voluntarioso e habilidoso, fez sucesso em Pernambuco e o presidente da Federação Pernambucana, Rubens Moreira o indicou para o Flamengo.

Quando pisou na Gávea em 1950, Dequinha não poderia imaginar que se tornaria um dos maiores ídolos da história rubro-negra. Premiado com uma capacidade física invejável, nunca se limitou a cumprir a função de proteger a zaga. Muito habilidoso, iniciava os contra-ataques mortais da equipe carioca com arracandas tipicas de um velocista, além de fazer lançamentos precisos para Evaristo de Macedo e Joel. Dequinha encerrou a carreira em 1960 e elegeu Carlinhos como o seu sucessor.

Dequinha atuou por 374 vezes com a camisa do Flamengo (234 vitórias, 70 empates e 70 derrotas), e marcou oito gols. Fonte dos números de Dequinha, no Flamengo: - Almanaque do Flamengo - Roberto Assaf e Clóvis Martins.

Na Seleção Brasileira Dequinha atuou oito vezes ( 4 vitórias, 2 empates e duas derrotas).
Fonte dos números de Dequinha na Seleção Brasileira - Livro: Seleção Brasileira - Roberto Assaf e Antônio Carlos Napoleão.

    Títulos de Dequinha no Flamengo

    1950
    . Campeão da Taça Cidade de Ilhéus (BA)

    1951
    . Campeão do Torneio Início do Rio de Janeiro
    . Campeão do Elfsborg Cup (Suécia)

    1952
    . Campeão do Torneio Início do Rio de Janeiro
    . Campeão do Torneio Quadrangular do Peru
    . Campeão do Troféu Cidade de Arequipa (Peru)

    1953
    . Campeão Carioca de Futebol
    . Campeão do Torneio Quadrangular da Argentina
    . Campeão do Torneio Quadrangular de Curitiba

    1954
    . Campeão Carioca de Futebol
    . Campeão do Torneio Internacional do Rio de Janeiro

    1955
    . Campeão Carioca de Futebol
    . Campeão do Torneio Internacional do Rio de Janeiro

    1956
    . Campeão do Troféu Embaixador Oswaldo Aranha (RS)

    1957
    . Campeão do Torneio Internacional do Morumbi (SP)
    . Campeão do Troféu Ponto Frio (RJ)
    . Campeão da Taça Brasília (RJ)
    . Campeão do Troféu Almana Idrotts Klubben (AIK)

    1958
    . Campeão do Torneio Quadrangular de Israel
    . Campeão do Troféu Sporting Club de Portugal

    1959
    . Campeão do Torneio Hexagonal do Peru
    . Campeão do Torneio Início do Rio de Janeiro

    Fonte: Flapedia

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES