publicidade

Cláudio Deodato

Ex-lateral-direito do São Paulo e Atlético-PR
Cláudio, o Cláudio Norberto Deodato, morreu na Ilha do Governador-RJ na madrugada de 11 de setembro de 2011, vítima de infarto, aos 64 anos de idade. Ele deixou a esposa Rosa, dois filhos e uma neta.

O saudoso lateral loiro do São Paulo Futebol Clube, Seleção Paulista de Novos e do Atlético-PR, nasceu em 27 de agosto de 1947 e foi sepultado no cemitério de Cacuia, na Ilha do Governador.

Lateral hábil e muito forte, viajou o mundo com a Seleção Paulista de Novos em 1964 e 1965 e por mais de uma década defendeu o Tricolor do Morumbi revezando-se com De Sordi (por pouco tempo) Deleu e  Renato Gaúcho, o Jacaré.

Depois do São Paulo, no final dos anos 60, Cláudio Deodato transferiu-se para o Atletico Paranaense. Também atuou no Vitória-BA e no Náutico-PE.

Ele passou a ser chamado de Cláudio "Deodato" porque o São Paulo, em 1965, contratou o goleiro Cláudio, da Portuguesa Santista, que ficou conhecido como Cláudio "Corteggiano".

Pelo São Paulo, começou nos juniores em 1963, profissionalizando-se em 1966 e permanecendo no Morumbi até 1970. Participou de 79 jogos, sendo 43 vitórias, 14 empates e 22 derrotas. Não marcou gols.

Cláudio Deodato trabalhou no Grupo Sendas, chegando a diretor de hipermercado do Bom Marche.

Deixamos nosso agradecimento especial a Romildo José da Silva Inácio, que trabalhou no Sendas com Cláudio Deodato e nos informou do falecimento do querido jogador.
    ver mais notícias

    Pelo São Paulo:

    Atuou em 79 jogos, sendo 43 vitórias, 14 empates e 22 derrotas. Não marcou gols.
    Fonte: Almanaque do São Paulo, de Alexandre da Costa

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 Fla
      72
    • 3 Int
      69
    • 4 Grê
      66
    • 5 São
      63
    • Veja tabela completa
    publicidade

    ÚLTIMOS CRAQUES