publicidade

Calazans

Ex-ponta do América-RJ, Bangu e Fluminense
Calazans, o Jorge Alves Calazans, nascido em 13 de agosto de 1934, ex-ponta-direita negro do América do Rio, campeão carioca de 1960, está aposentado como oficial de fazenda do Governo do Rio de Janeiro e continua morando na ex-capital do estado da Guanabara. Lá, ele já foi motorista particular de deputado da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

O ex-ponta-direita iniciou sua bela carreira no Bangu AC, onde jogou ao lado de seu saudoso irmão Zózimo Alves Calazans (o Zózimo, bi-campeão mundial pelo Brasil nas Copas de 1958 e 1962) e de Zizinho, Nívio, Décio Esteves, dentre outros.

De lá, do Bangu, Calazans transferiu-se para o América do Rio, quando foi contratado como substituto do badalado e celébre Canário, que fôra vendido para o Real Madrid, da Espanha. Depois do América, Calazans passou também pelo Fluminense.

Na final do Campeonato Carioca de 1960, o América, de Calazans, enfrentou o Fluminense, num jogo memorável em que o Flu jogava pelo empate e terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0. O Ameriquinha voltou forte para a segunda etapa, virou o jogo e sagrou-se campeão carioca. O segundo gol, histórico, foi do lateral-direito Jorge, que cobrou uma falta e correu em direção ao gol. Castilho bateu roupa, Jorge mandou pra rede e entrou para a história ao lado de jogadores como: Ari, Pompéia, Djalma Dias, Wilson Santos, Amaro, Ivan, Calazans, João Carlos, Quarentinha, Antoninho, Nilo e o técnico Jorge Vieira, então com pouco mais de 20 anos de idade.
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade -->
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      67
    • 2 Int
      62
    • 3 Fla
      60
    • 4 Grê
      58
    • 5 São
      58
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES