Bahia de Feira conseguiu empatar com o Bahia. Foto: UOL

Bahia de Feira conseguiu empatar com o Bahia. Foto: UOL

`Zebras´ passearam pelos gramados de algumas decisões de estaduais espalhadas hoje (14) pelo país. No Campeonato Baiano, o Bahia de Feira deu trabalho ao seu xará de Salvador, que alcançou o empate somente nos minutos finais. Debaixo de forte chuva, o estreante Toledo bateu o Athletico por 1 a 0 na decisão do Campeonato Paranaense.

O único Atlético que saiu vitorioso neste domingo foi o goiano, que venceu o clássico com o Goiás por 3 a 0. No Nordeste, o Sport levou a melhor sobre o Náutico, enquanto o Fortaleza de Rogério Ceni bateu o Ceará por 2 a 0.

Campeonato Baiano - Bahia de Feira 1 x 1 Bahia

Menos conhecido que o seu xará de Salvador, o Bahia de Feira de Santana estava disposto a derrubar outro grande do seu estado para conquistar o seu segundo título baiano - em 2011, o time foi campeão em cima do Vitória.

Dono da melhor campanha na primeira fase, o Bahia de Feira largou na frente em cima do seu xará de Salvador. Camisa 10, Bruninho recebeu no meio de campo, driblou o marcador e mandou cruzado, sem chances para o goleiro Anderson.

O vantagem do time de Feira só não foi maior por conta de um momento histórico: a primeira intervenção do VAR em uma partida do Campeonato Baiano, que identificou impedimento na posição de Jarbas. Aos 52 do segundo tempo, Rogério empatou o jogo para o Bahia.

Campeonato Cearense - Fortaleza 2 x 0 Ceará

Torcedores de Fortaleza e Ceará já estão se acostumando com o clássico em 2019. Esta é a terceira vez que os rivais da capital cearense se enfrentam neste ano e, além da segunda partida da final, eles também se encontrarão no Campeonato Brasileiro.

Após dois empates (pela Copa do Nordeste e pelo Cearense), desta vez, é o time de Rogério Ceni quem ficou com a vantagem no estadual. Edinho foi o astro do jogo, responsável pelos dois gols do Fortaleza, um deles em belo chute de fora da área.

Campeonato Goiano - Atlético-GO 3 x 0 Goiás

No clássico de Goiânia, quem saiu com boa vantagem foi o Tricolor. O Atlético-GO não teve dó de Sidão, ex-São Paulo, construiu a vantagem ainda no primeiro tempo com dois gols. Gilsinho abriu o placar de pênalti e depois Matheusinho, que arriscou de fora da área e foi premiado com um gol no cantinho. Nos acréscimos da segunda etapa, o Dragão deu o seu golpe de misericórdia e, num contra ataque fulminante, fechou a conta em 3 a 0.

Campeonato Paranaense - Toledo 1 x 0 Athletico

Estreante na final do Paranaense, o Toledo não deixou o Athletico repetir as boas atuações que tem feito na Libertadores. O time do oeste do Paraná alcançou um histórico 1 a 0 sobre o Furacão. A forte chuva que caiu sobre o Estádio 14 de Dezembro no segundo tempo impôs mais dificuldade aos times, mas Fandinho conseguiu marcar de cabeça e deixar o Toledo em vantagem.

Campeonato Pernambucano - Náutico 0 x 1 Sport

O Estádio dos Aflitos não recebia uma final do Pernambucano há nove anos, e a volta para a casa não conseguiu impedir a derrota do Timbu. O Sport ameaçou mais e foi recompensado aos 35 minutos com o gol de Ezequiel.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa