publicidade
Erick foi o autor do único gol da partida, marcando aos 27m do 2º tempo

Erick foi o autor do único gol da partida, marcando aos 27m do 2º tempo

Do UOL, em São Paulo

Vitória e Vasco entraram em campo neste domingo (9) precisando vencer para se afastar da luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Melhor para o time baiano, que conseguiu o triunfo por 1 a 0 e impôs a quarta derrota consecutiva do Cruzmaltino na competição. Erick foi o autor do único gol do jogo.

Em uma partida de pouca criatividade para os dois lados, o Vitória aproveitou a chance que teve para sobressair em cima de rival cada vez mais pressionado na luta contra o rebaixamento. O time baiano, por sua vez, se afasta das últimas colocações.

Com o resultado, o Vasco estaciona nos 24 pontos – apenas um acima da zona de rebaixamento. Vale lembrar que o time carioca tem um jogo a menos que os adversários. Já o Vitória chegou a 29 pontos e subiu para a 12ª colocação.

Agora, o Vasco terá pouco menos de uma semana para se preparar para o clássico contra o Flamengo, no próximo sábado (15), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), pela 25ª rodada. No mesmo dia, o Vitória visita o Ceará no Castelão.

O melhor: Ronaldo

Se Erick foi o responsável por anotar o gol da vitória, o goleiro Ronaldo também teve participação decisiva no triunfo do Vitória neste domingo. Aos 20 minutos do segundo tempo, ele fez uma grande defesa em chute à queima roupa de Yago Pikachu. No fim da partida, o goleiro teve mais um grande momento ao defender desvio de Luiz Gustavo.

O pior: Yago Pikachu

Fora do time titular, Yago Pikachu entrou no segundo tempo da partida e teve a melhor chance do Vasco na partida. Depois de cabecear uma bola na trave, ele teve rebote dentro da área e chutou em cima do goleiro Ronaldo. Após o gol sofrido pela equipe, ele se envolveu em confusão e acabou expulso de campo.

Primeiro tempo de poucas chances

Sobrou disposição, mas faltou futebol no primeiro tempo da partida. Apesar da entrega ao longo dos 45 minutos iniciais, as equipes tiveram dificuldade para criar chances de gol na etapa inicial. Com pouca criatividade, a melhores chances surgiram de lances de bola parada. O Vasco chegou com perigo desta maneira logo aos oito minutos, quando Luiz Gustavo subiu livre de marcação após cobrança de falta para dentro da área e cabeceou por cima do gol. Pouco depois, aos 14, o Vitória respondeu também com uma falta. A bola foi levantada e, após desvio, Léo Gomes apareceu em boa condição e cabeceou para fora.

Pisada na bola

Um lance bizarro serviu para resumir a falta de inspiração das equipes ao longo da etapa inicial. Aos 22 minutos, Léo Ceará tropeçou ao carregar a bola no meio-campo e caiu no gramado. O erro proporcionou uma chance de contra-ataque, que não foi aproveitada pelo time carioca. O atacante voltou a ter um momento ruim ao desperdiçar uma chance com gol aberto no segundo tempo, mas se redimiu ao dar a assistência para o gol de Erick.

Estreantes fazem partida discreta

A partida deste domingo foi marcada por uma estreia para cada lado. No Vasco, Willian Maranhão foi a surpresa na escalação de Alberto Valentim, que optou por deixar Yago Pikachu no banco de reservas. Já na equipe do Vitória, o estreante da noite foi o lateral-esquerdo Fabiano.

Que fase, professor!

Com o revés em Salvador, o técnico Alberto Valentim segue sem ter vencido desde que assumiu o comando do Vasco. Contratado no fim de agosto, o treinador chegou ao quarto jogo consecutivo sem triunfo (quatro derrotas). O Vitória, por sua vez, voltou a vencer depois de dois tropeços seguidos.

(Foto: Carlos Gregório Jr./ Vasco da Gama)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa