publicidade
Levir Culpi assume o Atlético-MG com o intuito de buscar G-6 do Brasileirão. Foto: Ricardo Nogueira/Getty Images

Levir Culpi assume o Atlético-MG com o intuito de buscar G-6 do Brasileirão. Foto: Ricardo Nogueira/Getty Images

Levir Culpi foi o último técnico a completar ao menos uma temporada no Atlético-MG. Treinador do clube entre abril de 2014 e dezembro de 2015, ele chega à Cidade do Galo com a obrigação de manter o time entre os seis primeiros do Campeonato Brasileiro para conduzi-lo a mais uma edição de Libertadores.

Desde a demissão do comandante de 65 anos, o Galo não manteve profissionais no cargo por muito tempo. Em 2016, Diego Aguirre chegou a Belo Horizonte para substituir Levir, mas acabou demitido após cinco meses. Na sequência, foi a vez de Marcelo Oliveira deixar o time. No ano seguinte, o último da gestão de Daniel Nepomuceno, outros dois técnicos foram dispensados pelo então presidente. Roger Machado e Rogério Micale não resistiram aos resultados ruins na temporada.

A atual diretoria iniciou o ano com Oswaldo de Oliveira, técnico contratado pela cúpula antecessora. No entanto, em menos de dois meses, optou pela demissão do comandante e efetivou Thiago Larghi. A sequência de resultados ruins, o choque com Alexandre Kalil (prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do clube) e a pressão da torcida culminaram na saída de Larghi. O escolhido foi justamente o técnico que de maior longevidade dos últimos quatro anos.

Na chegada a Belo Horizonte, onde será apresentado nesta quinta-feira (18), às 16h (de Brasília), Levir Culpi tem uma meta estipulada pela cúpula. Na conversa que teve com o mandatário Sérgio Sette Câmara e o vice-presidente jurídico Lásaro Cândido Cunha, escutou que a meta, neste momento, é terminar o ano entre os seis primeiros.

Sem poder contratar, Levir Culpi terá que utilizar o elenco deixado por Thiago Larghi para atingir o objetivo. Hoje, o Galo ocupa a sexta colocação do Brasileirão, com 46 pontos, quatro a mais que o Santos, sétimo. O treinador já terá a incumbência de comandar o time no domingo (21) contra o Fluminense, no Engenhão, pela 30ª rodada do torneio.

Com contrato até dezembro de 2019, Levir Culpi aceitou o desafio imposto pela diretoria alvinegra e topou retornar à Cidade do Galo, onde já esteve em outras quatro oportunidades. Ele comandou o time por 288 partidas, com 154 vitórias, 60 empates e 74 derrotas.

O técnico foi campeão mineiro em três oportunidades (1995, 2007 e 2015), venceu a Série B 2006, a Copa do Brasil 2014 e a Recopa Sul-Americana 2014. 

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    66
  • 2 Int
    61
  • 3 Fla
    60
  • 4 São
    57
  • 5 Grê
    55
  • Veja tabela completa