publicidade
A programação de Tite ainda não está completa, mas é certo que ele estará no próximo sábado no Camp Nou

A programação de Tite ainda não está completa, mas é certo que ele estará no próximo sábado no Camp Nou

Dassler Marques
Do UOL, em São Paulo

De olho no futuro da seleção brasileira, o treinador Tite embarca para a Europa nesta semana para acompanhar jogos e conversar com treinadores e atletas para dar sequência a seu trabalho na temporada 2017. Uma das prioridades é buscar mais informações e assistir in loco a alguns nomes que ele acredita que possam integrar o grupo, conforme manifestou em conversas nos últimos dias.

A programação de Tite ainda não está completa, mas é certo que ele estará no próximo sábado no Camp Nou para Barcelona x Real Madrid. O treinador da seleção brasileira ainda quer assistir a um jogo do Paris Saint-Germain e também vislumbra a possibilidade de acompanhar David Luiz mais de perto no Chelsea. Uma ida a Portugal também está nos planos.

Titular da seleção brasileira no ciclo entre 2010 e 2014, o zagueiro tem sido um dos destaques da atual temporada inglesa. David Luiz compõe a defesa menos vazada do campeonato e dá sinais de maturidade sob o comando do treinador italiano Antonio Conte. Um dos mais criticados pelo 7 a 1 na última Copa do Mundo, o defensor também terminou a era Dunga em baixa na seleção.

Na França, Tite já revelou que pretende assistir a uma partida de Lucas Moura. A comissão técnica da seleção já acompanhou outros jogos do PSG in loco recentemente e deu aval para as convocações de Marquinhos e Thiago Silva. Com o treinador Unai Emery, o ex-são-paulino é titular da equipe e tem sete gols e três assistências nesse começo de temporada. A concorrência para ele na seleção é dura: Neymar, Douglas Costa, Coutinho, Willian e ainda Taison.

Pelo menos dois jogadores do futebol português também estão na relação de Tite. Em Lisboa, o jovem goleiro Ederson é nome visto com potencial para a seleção brasileira principal e vê-lo mais de perto é uma intenção de Tite. Dentro da CBF, havia o consenso de que ele deveria ser titular nos Jogos Olímpicos, mas não houve liberação por parte do Benfica. Após início de temporada no banco do experiente Júlio César, ele recuperou a vaga nos últimos dias.

Já citado anteriormente, o ex-corintiano Elias é outro jogador que seria observado por Tite na capital portuguesa. Um dos homens de confiança do treinador, o volante que está a serviço do Sporting-POR ainda não foi chamado à seleção depois da saída de Dunga. O meio-campista, porém, não se adaptou ao time português e pode deixar o clube em breve.

Quem também está na lista de Tite para uma observação mais atenta é Diego Alves, goleiro do Valencia. Na comissão técnica, a avaliação é de que o nível técnico dos atuais convocados é superior ao de Diego, mas o treinador manifestou nos últimos dias que gostaria de vê-lo mais de perto.

Um velho conhecido da seleção brasileira fecha essa relação de quem Tite pretende ver in loco: o volante Luiz Gustavo. Embora esteja bastante satisfeito com os rendimentos de Casemiro e Fernandinho, o treinador viu Rafael Carioca perder espaço dentro do Atlético-MG neste semestre e avalia alternativas. O jogador do Wolfsburg-ALE foi titular absoluto com Luiz Felipe Scolari e Dunga.

Embora avalie possibilidades, Tite só se encontrará novamente com a seleção em compromissos no mês de março, com a volta das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Uma de suas estratégias, diferentemente de treinadores anteriores, tem sido manifestar o nome de jogadores não convocados que fazem parte de sua pré-lista. A intenção é motivar que todos joguem em nível alto e mostrar que está atento a quem está fora do grupo.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa