publicidade
O atual campeão começou a temporada na frente. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

O atual campeão começou a temporada na frente. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

A dupla Daniel Serra/João Paulo de Oliveira foi a vencedora neste sábado (10) da Corrida de Duplas da Stock Car, prova que marcou a abertura do campeonato, em Interlagos.

Oliveira, responsável por conduzir o carro #29 da Eurofarma RC na primeira parte da prova, perdeu algumas posições no começo, após a chuva que começou na volta de aquecimento, o que provocou o cancelamento da largada.

Quem apareceu bem no início foi a dupla Cesar Ramos/Van der Linde (Blau Motorsport), que assumiu a liderança na sexta volta, com Ramos na condução do carro #30.

A corrida tomou rumos definitivos com as paradas para troca de pilotos, abastecimento e substituição dos pneus.

Serra, atual campeão da Stock, assumiu a ponta e Rubens Barrichello terminou em segundo, fazendo dupla com o português Filipe Albuquerque no #111 da Full Time Sports.

Aliás, emoção muito grande para Barrichello, que enfrentou um problema de saúde no começo deste ano (inflamação em um veia cerebral). O piloto não escondeu as lágrimas no pódio.

O gaúcho Cesar Ramos, formando duo com o sul-africano Kelvin van der Linde completou o pódio, em terceiro, mas a dupla acabou sendo penalizada em 20 segundos, e eles caíram para o 12º lugar. O motivo: um pit stop obrigatório durante o procedimento de safety car, o que é proibido pelo regulamento.

Assim, a terceira colocação acabou sendo herdada pela dupla Ricardo Mauricio/Felipe Nasr (Full Time Sports).

Felipe Massa, que estreou na categoria, formando dupla com o pentacampeão Cacá Bueno, terminou em 13º. Cacá Vinha em bom ritmo na prieira parte da prova, mas Felipe teve um problema no carro, uma perda de rendimento.

"O Cacá (Bueno) fez uma corrida maravilhosa e foi espetacular com a pista molhada. Estava tudo perfeito, mas, quando teve a relargada, eu estava sem potência e cinco carros me passaram logo na reta dos boxes. Foi uma pena isso acontecer, principalmente porque o carro tinha um bom acerto, estava tudo no caminho para o pódio. Nós merecíamos um bom resultado pela nossa evolução ao longo da semana, mas não deu certo. Eu queria agradecer todos da Cimed Racing e dizer que foi muito bacana estar aqui nessa semana de Stock Car", comentou Massa.

Lucas di Grassi, titular da Hero Motorsport, teve um problema com o limpador de parabrisa do carro logo no começo, e com o forte spray de água, acabou rodando na reta dos boxes e rodou no "S" do Senna.

Quem também teve problema foi Nelsinho Piquet, da Texaco Racing. O filho do tricampeão Nelson Piquet rodou após um toque de Rafael Suzuki (Hot Car/Bardahl)

PRÓXIMA ETAPA

O campeonato prossegue no dia 8 de abril, em Curitiba, prova que será disputada em rodada dupla.


Vitória da Eurofarma RC na Corrida de Duplas de Interlagos, com o titular Daniel Serra, atual campeão da Stock, e João Paulo de Oliveira.. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

A dupla João Paulo de Oliveira e Daniel Serra foi perfeita no fim de semana em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Emocionado, Barrichello comemorou muito o segundo lugar em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

O gaúcho Cesar Ramos e o sul-africano Kelvin van der Linde, da Blau Motorsport. Dupla completou o pódio, em terceiro, após liderar boa parte da prova. Porém, uma parada obrigatória durante o safety car os penalizou em 20 segundos. Assim, caíram para 12º. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

O português Filipe Albuquerque se adaptou muito bem à Stock formando dupla com Barrichello. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA CORRIDA DE DUPLAS - STOCK CAR - INTERLAGOS

1. 29 D.Serra/J.P.Oliveira (Eurofarma RC) – 31 voltas em 1h02min03s255 (média de 129,1 km/h)
2. 111 R.Barrichello/F.Albuquerque (Full Time Sports) – a 2s214
3. 90 R.Maurício/F.Nasr (Full Time Sports) – a 7s094
4. 10 R.Zonta/L.Vanthoor (Shell V-Power) – a 7s757
5. 65 M.Wilson/F.Giaffone (Eurofarma RC) – a 10s024
6. 80 M.Gomes/P.Derani (Cimed Racing) – a 11s237
7. 18 A.Khodair/A.Hellmeister (Blau Motorsport) – a 12s372
8. 8 R.Suzuki/J.K.Vernay (Hot Car Bardahl) – a 15s232
9. 117 G.Salas/M.Altuna (Hot Car Bardahl) – a 18s014
10. 12 L.Foresti/J.D’Ambrosio (Cimed Racing) – a 20s786
11. 51 A.Abreu/M.Winterbottom (Shell V-Power) – a 22s408
12. 30 C.Ramos/K.V.D.Linde (Blau Motorsport) – a 26s428*
13. 0 C.Bueno/F.Massa (Cimed Racing) – a 28s340
14. 1 A.Pizzonia/O.Jarvis (Prati-Donaduzzi) – a 47s991
15. 9 G.Lima/G.Myasava (Squadra G-Force) – a 1min00s757
16. 77 V.Brito/J.Bleekemolen (Eisenbahn Racing Team) – a 1min18s313
17. 55 S.Jimenez/F.Carbone (Squadra G-Force) – a 1 volta
18. 43 V.Meira/V.Orige (Scuderia Colón) – a 1 volta
19. 25 T.Rocha/R.Matos (Vogel Motorsport) – a 1 volta
20. 5 D.Navarro/F.Girolami (Cavaleiro Sports) – a 1 volta
21. 28 G.Osman/D.Fineschi (Cavaleiro Sports) – a 1 volta
22. 84 T.Marques/F.Croce (Scuderia Colón) – a 1 volta*
23. 46 V.Genz/D.Muffato (Eisenbahn Racing Team) – a 6 voltas
24. 4 J.Campos/J.Green (Prati-Donaduzzi) – a 8 voltas

NÃO COMPLETARAM A PROVA:

25. 110 F.Lapenna/G.Robe (Cavaleiro Sports) – a 11 voltas
26. 44 B.Baptista/N.Figueiredo (Hero Motorsport) – a 11 voltas
27. 33 N.Piquet/R.Frijns (Texaco Racing) – a 12 voltas
28. 70 D.Nunes/L.Burti (Texaco Racing) – a 13 voltas
29. 21 T.Camilo/N.Mueller (Ipiranga Racing) – a 13 voltas
30. 3 B.Figueiredo/B.Monteiro (Ipiranga Racing) – a 16 voltas
31. 88 F.Fraga/N.Catsburg (Cimed Racing) – a 16 voltas
32. 83 G.Casagrande/C.V.D.Drift (Vogel Motorsport) – a 18 voltas
33. 11 L.Di Grassi/A.Farfus (Hero Motorsport) – a 27 voltas
MELHOR VOLTA: 29 D.Serra/J.P.Oliveira, 1min37s867 (158,5 km/h)
*Penalizados em 20 segundos no tempo total de prova por realizarem parada obrigatória durante procedimento de safety car

A PROVA 

Assim que os carros deixaram o grid para a volta de aquecimento de pneus, chuva torrencial em Interlagos, o que fez a direção de prova acionar bandeira vermelha e paralisar a atividade.

Os carros pararam no grid e foi a vez dos mecânicos trabalharem de forma frenética para a troca para os compostos para piso molhado e outros ajustes, como aerofólio traseiro.

Após 25 minutos, com a diminuição da chuva, bandeira verde para nova volta de aquecimento de pneus, com o safety car à frente do pelotão.

Tão logo o safety car deixou o traçado aconteceu a largada com a primeira confusão: Lucas di Grassi perdeu o controle do carro na reta e foi parar na área de escape do "S" do Senna e abandonou.

Na volta 5, João Paulo de Oliveira liderava seguido por Cesar Ramos e Filipe Albuquerque.

Linda ultrapassagem de Ramos em Oliveira na volta 6, no "S" do Senna, para assumir a liderança da prova.

Em seguida foi a vez de Albuquerque superar Oliveira e subir para segundo.

Ricardo Zonta foi outro a superar Oliveira e passou à terceira colocação.

Enquanto isso, Ramos liderava, com Albuquerque em segundo lugar.

Sensacional a manobra de Cacá Bueno sobre Oliveira na reta dos boxes, mesmo com pouco espaço, rente ao muro, superou o piloto da Eurofarma RC e ganhou o terceiro lugar.

Zonta subiu para segundo, ganhando a posição de Albuquerque na volta 14.

Os quatro primeiros: Ramos, Zonta, Albuquerque e Cacá.

Problema para Thiago Camilo, que teve o pneu traseiro direito furado na reta dos boxes, o que provocou a entrada do carro de segurança, pois o pneu estourado destruiu parte da carenagem que ficou pela pista. Ele ainda conseguiu levar seu #21 aos boxes.

Coincidentemente, também com pneu traseiro direito furado, Bia Figueiredo, companheira de equipe de Camilo, entrou nos boxes com o mesmo problema. 

JANELA PARA TROCA DE PILOTOS

A partir da volta 19 os pilotos que começaram a prova ingressaram nos boxes para a troca.

Fim de prova para Nelsinho Piquet após toque com Antonio Pizzonia. Com o carro de Nelsinho em área de escape, nova entrada do carro de segurança.

A pista foi secando e na troca de pilotos os pneus foram substituídos para compostos lisos.

O carro de segurança deixou a pista restando pouco mais de nove minutos para o fim da prova, com algumas posições alteradas, com Daniel Serra em primeiro, Barrichello em segundo e  Van der Linde em terceiro.

Toque de Suzuki em Átila no "S" do Senna, o que resultou na rodada do piloto sorocabano da Shell V-Power.

Sem ataques no final, Serra cruzou a linha dos 4.309 metros do traçado paulistano em primeiro, seguido por Barrichello e Van der Linde. 

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO APÓS A CORRIDA DE DUPLAS EM INTERLAGOS:

1. Daniel Serra, 20 pontos
2. Rubens Barrichello, 17
3. Ricardo Maurício, 14
4. Ricardo Zonta, 12
5. Max Wilson, 10
6. Marcos Gomes, 8
7. Allam Khodair, 6
8. Rafael Suzuki, 5
9. Guilherme Salas, 4
10. Lucas Foresti, 3
11. Átila Abreu, 2
12. Cesar Ramos, 1
13. Cacá Bueno, 0
14. Antonio Pizzonia, 0
15. Guga Lima, 0
16. Valdeno Brito, 0
17. Sérgio Jimenez, 0
18. Vitor Meira, 0
19. Tuka Rocha, 0
20. Denis Navarro, 0
21. Galid Osman, 0
22. Tarso Marques, 0
23. Vitor Genz, 0
24. Julio Campos, 0
25. Felipe Lapenna, 0
26. Bruno Baptista, 0
27. Nelson Piquet Jr., 0
28. Diego Nunes, 0
29. Thiago Camilo, 0
30. Bia Figueiredo, 0
31. Felipe Fraga, 0
32. Gabriel Casagrande, 0
33. Lucas di Grassi, 0

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL BELLA MACCHINA DO YOUTUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

COLUNAS: CLIQUE AQUI E ACESSE OS TEXTOS DE MARCOS JÚNIOR MICHELETTI NO PORTAL TERCEIRO TEMPO

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    67
  • 2 Int
    62
  • 3 Fla
    60
  • 4 Grê
    58
  • 5 São
    58
  • Veja tabela completa