publicidade
Nenê é uma das referências de um São Paulo que caiu de produção na temporada

Nenê é uma das referências de um São Paulo que caiu de produção na temporada

Bruno Grossi
Do UOL, em São Paulo

O São Paulo conseguiu mais uma rodada na liderança do Campeonato Brasileiro. São duas consecutivas, e oito no total da competição. Mas a paz que já foi vista no ambiente do clube foi perturbada no último fim de semana. A começar pelo empate por 1 a 1 com o América-MG no sábado e pela bronca da torcida por esse tropeço. E ficou ainda mais ameaçada pelo desenrolar da 26ª rodada da Série A. O maior concorrente ao título deixou de ser apenas o Internacional. O Flamengo voltou para a briga, o Grêmio encostou e o rival Palmeiras assumiu a vice-liderança.

Comparando expectativa e realidade, o Tricolor vive seu momento mais tenso no Brasileirão deste ano. A sequência de quatro empates entre a segunda e a quinta rodada levantou muita desconfiança, mas ali não se imaginava ver o time de Diego Aguirre lutando para ser campeão. O nível de exigência foi elevado graças ao ótimo desempenho na segunda metade do primeiro turno. Os torcedores passaram a crer na conquista, a folga na ponta chegou a ser de quatro pontos, mas tudo mudou com um início ruim no returno.

O aproveitamento geral do São Paulo nesta edição da Série A é de 65,3%. Da 20ª rodada em diante, o número despenca para 47%, incluindo tropeços contra equipes mais modestas como América-MG e Paraná. Em ambos confrontos, os paulistas ainda saíram na frente do placar, se acomodaram e acabaram castigados com empates.

Enquanto isso, um pelotão que parecia conformado em disputar as vagas diretas para a fase de grupos da Copa Libertadores da América despertou. Palmeiras, Flamengo e Grêmio dividiam as atenções com os mata-matas da própria Libertadores e da Copa do Brasil. O Brasileirão era secundário e recebia seus times alternativos. Os resultados, porém, foram saindo enquanto São Paulo e Inter começavam a vacilar. Até que a concorrência pela liderança se intensificou.

Para deixar a vida são-paulina mais complicada, o Palmeiras pode ainda ter um compromisso a menos se não virar sobre o Cruzeiro na semifinal da Copa do Brasil nesta semana. O técnico Luiz Felipe Scolari, que já vem tendo sucesso com suas formações reservas na Série A, poderia usar mais vezes os titulares. O mesmo pode acontecer com o Flamengo, que pega o Corinthians.

Distância para os rivais na primeira vez em que o São Paulo assumiu a liderança (17ª rodada) x distância atual (26ª rodada):

Palmeiras: 8 x 1
Internacional: 3 x 1
Flamengo: 1 x 3
Grêmio: 5 x 4

Foto: REUTERS/Paulo Whitaker (via UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa