publicidade

Palmeiras tem 35 jogadores no elenco, além de Willian, que está machucado. Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação/Via UOL

O Palmeiras se apresentou para a temporada de 2019 com 37 atletas. Dois deles já nem entram no site do clube: Vitinho e Pedrão, que serão emprestados, por isso, o Alviverde divulgou que teve 35 em sua reapresentação. A lista de cortes vai aumentar e deve ter pelo menos mais cinco escolhidos. Os planos da comissão técnica e da diretoria dão conta de um elenco com 30 atletas.

Embora tenha deixado claro que haverá cortes em sua primeira entrevista do ano, Alexandre Mattos não quis revelar os que não serão utilizados. A ideia é que nenhum deles seja desvalorizado. Há, no entanto, alguns nomes que já negociam a sua saída.

Fabiano, por exemplo, tem acordo salarial com o Internacional, mas precisa que o Alviverde tope a oferta do time gaúcho para deixar. Alejandro Guerra está disponível para uma transação, desde que seja definitiva. Nico Freire não recebeu chance em 2018 e dificilmente será usado neste ano.

Além deles, o elenco ainda tem jogadores que sonham com uma chance no elenco de Felipão e serão observados pelo técnico: Raphael Veiga, Erik, Juninho e Allione retornaram de empréstimo e precisam provar que merecem uma chance. O que está mais perto disso é o meio-campista que retornou do Athletico.

Yan é outro que está na lista, mas não será utilizado. O jovem se destacou no ano passado nas categorias de base e treinará com os profissionais para adquirir capacidade física. Por ter atuado entre os garotos no ano passado e estar no limite de idade, no entanto, ele não sofre do mesmo problema que o restante do elenco: o vestibular do Paulista.

Como o regulamento do Estadual só permite que 26 atletas sejam inscritos, além de uma lista ilimitada para os da base, o clube já prepara o seu elenco para os cortes que precisará fazer. No cenário atual, cerca de 10 atletas ficariam o primeiro trimestre inteiro com poucos jogos para disputar. A revelação desta lista, inclusive, sempre foi o sinal para que as negociações se intensificassem nos últimos anos.

Embora esteja rompido institucionalmente com a Federação Paulista de Futebol, o Alviverde sinalizou que disputará a competição com força máxima.

"O Palmeiras vai jogar com o que tem de melhor porque é o campeonato que está na frente. Vou até fazer uma crítica. A ideia de limitar os 26 é bom, se fosse o principal campeonato do ano. Problema de limitar os 26 e cinco da base durante o jogo, faz com que o planejamento do ano sofra um pouco. O Palmeiras vai sofrer, as outras equipes também vão sofrer. Precisa deixar um ou outro jogador sem ser inscrito", explicou o diretor de futebol.

Compartilhe:

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa