publicidade
O resultado levou o alviverde para 43 pontos

O resultado levou o alviverde para 43 pontos

Leandro Miranda
Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras mostrou de vez que está vivo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (5). A equipe de Felipão venceu o Atlético-PR por 2 a 0 no Allianz Parque, com gols de Willian e Moisés, e encostou nos primeiros colocados da competição. De quebra, ainda interrompeu uma série de quatro vitórias seguidas da equipe paranaense.

O resultado levou o alviverde para 43 pontos, mesma quantidade do Internacional, que ainda está jogando na rodada contra o Flamengo, e três a menos que o São Paulo, que está enfrentando o Atlético-MG. Já o Atlético-PR ficou nos 27 pontos e teve sua ascensão recente sob o comando de Tiago Nunes freada.

Após um primeiro tempo equilibrado, em que as duas equipes tiveram chances para marcar, o Palmeiras voltou melhor na segunda etapa e criou chances até fazer o gol com Willian, aproveitando bela assistência de Deyverson. O time paulista ainda teve oportunidade para ampliar e fez o segundo já nos acréscimos, com Moisés cobrando pênalti.

O melhor: Willian

De novo, o camisa 29 foi decisivo para o Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Artilheiro do time na competição com oito gols, Willian se doou muito na marcação e levou perigo nas jogadas de ataque. No segundo tempo, aproveitou linda enfiada de bola de Deyverson para sair na cara do gol e tocar no canto do goleiro Santos, abrindo o caminho da vitória alviverde. Depois, ainda sofreu o pênalti convertido por Moisés. O atacante já tem 15 gols na temporada.

O pior: Guilherme
O meia-atacante ex-Corinthians e Atlético-MG entrou no segundo tempo no lugar de Bruno Nazário em uma tentativa de dar mais criatividade ao Atlético-PR, mas esteve desligado no jogo e competiu pouco. Em sua primeira jogada, teve a chance de um passe em profundidade que deixaria Pablo em boas condições, mas errou e mandou direto para a linha de fundo.

Em início morno, torcida vibra mais com gol do Ceará no Corinthians
O jogo começou em ritmo lento no Allianz Parque. O Atlético-PR se fechou bem em duas linhas de quatro, e o Palmeiras teve dificuldade para chegar na base da troca de passes. As duas equipes apostavam muito em bolas longas e facilitavam o trabalho das defesas. Com poucas emoções em campo, a torcida alviverde teve seu maior momento de vibração aos 18 minutos, quando o sistema de som anunciou o segundo gol do Ceará em cima do Corinthians – o jogo acabou 2 a 1 para o time nordestino.

Atlético-PR começa a achar espaços e assusta
No meio do segundo tempo, o Atlético passou a encontrar espaços para trocar passes, se movimentar e bagunçar a marcação do Palmeiras. Quando um jogador alviverde perseguia um adversário e um clarão se abria, o time rubro-negro conseguia aproveitar. Assim, criou duas chances perigosas seguidas: primeiro Marcinho bateu cruzado para fora após bela jogada pela esquerda de Pablo, e depois Nikão pegou de primeira um cruzamento da direita, mas também errou o alvo.

Palmeiras reage e equilibra o jogo
As chances perdidas pelo Atlético-PR acordaram o time do Palmeiras e também a torcida, que passou a empurrar o time cantando alto. O alviverde respondeu imediatamente, equilibrou o jogo e criou suas melhores oportunidades na reta final do primeiro tempo. Em cobrança de falta, Dudu levantou na segunda trave e Thiago Santos cabeceou raspando para fora; depois, após boa bola de Mayke para Willian na direita, Borja recebeu cruzamento rasteiro e bateu travado pela zaga. O time paulista foi para o intervalo melhor no jogo.

Atlético-PR quase se complica ao tentar sair jogando
O time paranaense chamou atenção por tentar sair jogando pelo chão em duas ocasiões em que o Palmeiras subiu a marcação e quase se complicou. Primeiro, o zagueiro Zé Ivaldo dominou dentro da própria área, de costas para a marcação, e deu um passe arriscado para o lateral Renan Lodi, que por pouco não foi interceptado. Mais tarde, foi o goleiro Santos quem demorou para definir a jogada e acabou chutando em cima de Borja, mas a bola não voltou na direção do gol.

Palmeiras melhora no segundo tempo e chega ao gol
O Palmeiras voltou melhor no segundo tempo e teve chance de marcar logo no primeiro minuto, quando Willian deu lindo passe para Borja por elevação. O colombiano tentou emendar um voleio plástico, mas furou. O gol só saiu quando Deyverson substituiu o camisa 9 e deu lindo passe em profundidade para Willian, que invadiu a área e tocou no canto do goleiro. O alviverde pressionou mais na marcação na segunda etapa e fez o Atlético-PR ficar mais desconfortável com a bola, controlando bem a vantagem até o final.

Foto: JALES VALQUER/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO (via UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa