Rubro-negro passou pelo Madureira. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Rubro-negro passou pelo Madureira. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo já está nas semifinais do Campeonato Carioca. Ao vencer o Madureira por 2 a 0, hoje, no Maracanã, o Rubro-negro garantiu vaga na fase eliminatória por conta da classificação geral. Gabigol foi o nome da partida. O atacante perdeu gols e fez os dois do triunfo - o primeiro em flagrante impedimento.

Com 24 pontos somados nos dois turnos, sem semifinais e finais, o Flamengo não pode mais ser alcançado por Volta Redonda ou Bangu na tabela. O Vasco também está garantido, já que conquistou a Taça Guanabara.

O futuro do Rubro-negro no Estadual agora não depende mais da Taça Rio. Conquistar (ou não) o segundo turno não mudará o dia a dia do clube, que desejava a vaga antecipada para ter margem de preparação para os compromissos importantes na sequência da Copa Libertadores.

Pelo Campeonato Carioca, o Flamengo ainda tem pela frente o clássico contra o Fluminense, domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã. A última rodada do segundo turno também definirá se o time estará nas semifinais da Taça Rio ou se ganhará uma brecha no calendário.

O lateral-direito Pará completou 200 jogos pelo Flamengo na partida contra o Madureira. Antes do compromisso, ele recebeu uma camisa comemorativa das mãos do vice-presidente de futebol, Marcos Braz.

Flamengo domina Madureira com blitz desde o início
O início do jogo foi um autêntico ataque contra defesa. O Flamengo criou algumas oportunidades e poderia ter saído na frente logo no primeiro minuto. Júnior Lopes salvou cabeceio de Bruno Henrique em cima da linha. As oportunidades seguiram diante de um Madureira sem forças para avançar e plantado no campo defensivo.

Bombardeio sem fim do Flamengo
O domínio continuou sem nenhuma interrupção do Madureira. Dono da posse de bola, o Rubro-negro seguiu criando chances em sequência enquanto o Tricolor Suburbano apenas se defendia. Aos 26 minutos, Marcelo Alves salvou em cima da linha arremate de Willian Arão. E continuou o bombardeio. Douglas defendeu chute de Everton Ribeiro e atrapalhou um arremate de Diego.

Gabigol perde cara a cara com o goleiro
Na parte final do primeiro tempo, o jogo se desenvolveu na base dos lançamentos. Faltava meio de campo. O Madureira tentava sair nos contragolpes, e o Flamengo aproveitava os espaços. Em uma dessas jogadas, Diego lançou Gabigol. O atacante ficou cara a cara com o goleiro adversário aos 39 minutos e teve tempo de tudo, até de olhar para o assistente para conferir se estava em posição legal. No fim, bateu em cima de Douglas, que também teve méritos na defesa.

Mas marca em impedimento e abre o placar
O gol perdido não abalou o camisa 9. Aos 44 minutos, ele fez o aguardado tento do Flamengo depois de mais uma blitz. Só que em impedimento. Diego limpou a marcação e chutou forte. Douglas deu rebote, que Arão cabeceou na trave. Na sobra, Gabigol colocou no fundo da rede, ainda que de forma irregular, e abriu o placar.

Gols perdidos continuam no segundo tempo
O panorama da partida continuou no segundo tempo. Um Flamengo dominante criou diversas chances e as desperdiçou em sequência. Gabigol, inclusive, foi quem mais perdeu gols. Uma vitória que poderia ser elástica terminou modesta pela incompetência dos rubro-negros em colocar a bola no fundo da rede.

Gabigol faz mais um e sacramenta o triunfo
Nome do jogo pelas chances desperdiçadas e também pelos gols assinalados, Gabigol fechou o placar aos 33 minutos do segundo tempo. O camisa 9 tirou a marcação com um drible de corpo e bateu cruzado para fazer o segundo gol do Flamengo na partida.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA 0 X 2 FLAMENGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Maurício Machado Coelho Júnior
Auxiliares: Daniel de Oliveira Alves Pereira e Gabriel Conti Viana
Renda: R$ 410.989,00
Público: 16.548 pagantes / 17.392 presentes
Cartões amarelos: Everton e Guilherme Bala (Madureira); Gabigol e Pará (Flamengo)
Gols: Gabigol, aos 44min do primeiro tempo e aos 33min do segundo tempo

Madureira
Douglas; Arlen, Marcelo, Júnior Lopes e Rezende; Rodrigo Dantas, Everton (Alanzinho), Bruno e Luciano Naninho; Derek (Guilherme Bala) e Tássio
Técnico: Gaúcho

Flamengo
Diego Alves; Pará (Juan), Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Ronaldo, Willian Arão (Hugo Moura) e Diego; Everton Ribeiro, Bruno Henrique (Uribe) e Gabigol
Técnico: Abel Braga

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa