publicidade
Agora, o Brasil tem representantes assegurados em todas as modalidades da próxima edição da Olimpíada

Agora, o Brasil tem representantes assegurados em todas as modalidades da próxima edição da Olimpíada

Fabio Aleixo
Do UOL, em São Paulo

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) confirmou neste domingo que o Brasil terá vaga automática nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, tanto no torneio masculino quanto no feminino. A decisão foi tomada pelo Conselho Central da entidade internacional em reunião realizada em Tóquio (JAP) nesta madrugada e põe fim a uma novela que se arrastava desde o ano passado.

Agora, o Brasil tem representantes assegurados em todas as modalidades da próxima edição da Olimpíada.

A Fiba confirmou a classificação das equipes nacionais após aceitar a proposta feita pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB) para quitar uma dívida de cerca de US$ 800 mil (R$ 2,815 milhões). O acerto foi feito no último dia 18 em uma reunião em Toronto (CAN). Participaram deste encontro: Horacio Muratore (presidente da Fiba), Patrick Baumann, (secretário-geral da Fiba), Carlos Nunes (presidente da CBB) e Carlos Arthuz Nuzman (presidente do COB).

Nike e Bradesco, patrocinadores da CBB, ajudarão a saldar o débito referente ao convite para a Copa do Mundo da Espanha de 2014. Uma carta assinada por atletas como Anderson Varejão, Marcelinho Huertas e Guilherme Giovanonni também foi apresentada no encontro realizado durante os Jogos Pan-Americanos.

A data-limite para quitação da dívida não foi divulgada, mas o UOL Esporte apurou que se isso não for feito até o início dos Jogos,a CBB será suspensa e o Brasil impedido de jogar.

Com a definição, as seleções brasileiras jogarão os torneios Pré-Olímpicos sem pressão de brigar pela vaga. A competição feminina começa neste domingo em Edmonton (CAN) e vai até o dia 16. A masculina será realizada na Cidade do México entre 31 de agosto e 12 de setembro.

O torneio feminino classificará uma seleção para a Olimpíada e outras três irão para o Pré-Olímpico Mundial de 2016. No torneio masculino, campeão e vice garantem vaga no Rio. As seleções que ficarem entre o terceiro e o quinto lugares terão de disputar a repescagem.

Na última edição olímpica, em Londres-2012, a seleção masculina acabou eliminada nas quartas de final pela Argentina. O time feminino só ganhou um jogo e não passou da primeira fase.

"Tínhamos muita confiança neste convite, mas claro que agora com a confirmação nos dá mais tranquilidade. Seguimos com o mesmo planejamento feito anteriormente", afirmou ao UOL Esporte Vanderlei Mazucchini Junior, diretor de seleções da CBB.

"Recebi a notícia com muita felicidade. Nosso basquete precisa disso, de uma presença nos Jogos Olímpicos. Não vamos tirar o foco do Pré-Olímpico. Temos de seguir com a mentalidade do Pan Americano, passando experiência para muita gente, mas olhando com firmeza para a Rio-2016. Estou fazendo avaliação constante para ficar com os 12 jogadores. Está tudo no caminho certo", disse o técnico Rubén Magnano em entrevista à TV Globo.

"É uma excelente notícia, que nos dá um tempo de preparação para a Olimpíada. É uma maneira de os jovens pegarem bagagem e estarem preparados para o ano que vem. Não sabemos o que pode acontecer até a Olimpíada", disse à Globo o pivô Anderson Varejão.

Veja o comunicado da Fiba no qual confirma a vaga do Brasil

"As seleções brasileiras masculina e feminina vão competir nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro depois de a Conselho Central da Fiba ter decidido conceder a vaga automática das equipes em uma reunião realizada em Tóquio neste domingo.

A decisão foi tomada com base na aplicação da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), que confirma que atende as diversas necessidades esportivas, incluindo ter uma história rica no basquete e ser capaz de garantir seus melhores times para competir no Rio.

A CBB, apoiada por seus parceiros e pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), assumiu um firme compromisso de pagar a dívida existente.

De acordo com os estatuos da Fiba, o Conselho Central detém o direito de garantir a classificação automática ao país anfitrião dos Jogos Olímpicos."

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa