publicidade
Diogo Barbosa tenta se recuperar de lesão e ainda pode ser punido no STJD

Diogo Barbosa tenta se recuperar de lesão e ainda pode ser punido no STJD

Leandro Miranda
Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras pode viver uma situação inusitada para o confronto contra o Grêmio no próximo domingo (14), no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Entre problemas físicos e suspensões, o time corre o risco de não ter nenhum dos seus quatro laterais de ofício para o jogo: Mayke e Marcos Rocha, no setor direito, e Diogo Barbosa e Victor Luís, pela esquerda.

Dois desses nomes já são desfalques certos. Marcos Rocha teve confirmada uma lesão na panturrilha e ficará fora por até quatro semanas, enquanto Victor Luís está suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido no clássico com o São Paulo. Já Diogo Barbosa tenta se recuperar a tempo de uma entorse no tornozelo – ele não foi a campo no treino da última terça-feira (9).

Mesmo se conseguir se recuperar clinicamente, porém, Diogo pode não jogar contra o Grêmio, assim como Mayke. Os dois serão julgados nesta quinta (11) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por suas expulsões na semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, que terminou em confusão entre os jogadores. Ambos foram denunciados por agressão física, artigo que prevê suspensão de quatro a 12 jogos. Se forem punidos, terão que cumprir a pena no Brasileiro, já que o Palmeiras foi eliminado do torneio de mata-mata.

O quadro, portanto, é crítico para Felipão. Se a punição a Mayke se confirmar, o mais provável é que ele escale Jean na lateral direita. O experiente jogador já fez a função inúmeras vezes ao longo da carreira, mas tem sido usado principalmente como ponta e volante pelo treinador.

Já no lado canhoto, o cenário é mais complicado. Não existe no elenco profissional nenhum atleta que faça a lateral esquerda com naturalidade além de Diogo Barbosa e Victor Luís. O Palmeiras já usou outros três nomes na posição em 2018, mas nenhum está mais no clube: Michel Bastos, que chegou a ganhar a titularidade em alguns jogos no início do ano com Roger Machado, foi para o Sport; já o zagueiro Juninho e o volante Tchê Tchê, que foram usados em situações emergenciais, saíram para Atlético-MG e Dínamo de Kiev, respectivamente.

Uma alternativa natural para o lado esquerdo seria a utilização de Luan Cândido, promessa da base que já treinou várias vezes com o time principal e foi relacionada para jogos. Mas o atleta de 17 anos está com a seleção brasileira sub-20, que fará amistosos contra o Chile no sábado (13) e na segunda-feira (15). Sem ele, algumas das possibilidades são a improvisação do zagueiro Nico Freire, que ainda não fez nenhum jogo pelo Palmeiras, ou a aposta em Lucas Esteves, do time sub-20.

Como Felipão não tem aberto os treinos, é possível que suas escolhas só sejam conhecidas no dia do jogo, quando o Palmeiras anunciar a escalação. O certo é que, com a súbita crise nas duas laterais, a tarefa árdua de tentar que Mayke e Diogo Barbosa escapem de punições no STJD nesta quinta-feira ganhou ainda mais importância.

Foto: Ale Cabral/AGIF (via UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa