publicidade
Quinta etapa foi muito difícil e teve o último estágio cancelado. Foto: Vinicius Branca/photosdakar.com/BRP Brasil

Quinta etapa foi muito difícil e teve o último estágio cancelado. Foto: Vinicius Branca/photosdakar.com/BRP Brasil

Demorou, mas finalmente a organização do Rally Dakar divulgou os resultados da quinta etapa, realizada na última sexta-feira (11) entre Tagna e Arequipa para UTVs, carros e caminhões, que teve seu último estágio cancelado em razão da falta de segurança, pois havia forte neblina, areia fina (o chamado fesh-fesh) e já estava escurecendo no deserto peruano.

A dupla brasileira Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que compete com um Can-Am X3), recuperou terreno e subiu da quarta colocação geral para a vice-liderança. Eles estavam a mais de 30 minutos dos líderes e agora estão a 1min42s dos chilenos Rodrigo Piazzoli e Jorge Diaz, que venceram a etapa 5. Eles estavam na terceira colocação geral e subiram para o primeiro posto, enquanto os então líderes, os russos Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk, agora estão em terceiro lugar.

"O descanso é importante, mas já estou pronto para a sexta etapa, neste domingo (13). Eu não me sinto cansado, pelo contrário, estou preparado para os próximos dias. Foram dias muito difíceis. Na quinta etapa, a organização tomou a decisão correta com o cancelamento. O trecho apresentava muita neblina e a poeira atrapalhava ainda mais a visibilidade, estava perigoso", ponderou Varela.

O duo formado por Marcos Baumgart e Kleber Cincea ocupa a sétima colocação. Eles finalizaram a difícil quinta etapa na 12ª colocação.

Em quarto lugar na etapa, Cristian Baumgart e Beco Andreotti agora estão em nono lugar, uma posição atrás do navegador brasileiro Lourival Roldan, campeão do Dakar em 2017, que neste ano compete ao lado do portugueês Miguel Jordão.

Bruno Varela, filho de Reinaldo Varela, que conduz um Can-AM X3 ao lado do navegador Maykel Justo, fez uma etapa consistente e terminou em 14º, subindo para o 22º lugar na tabela geral.

O sábado foi de descanso para os competidores que retomam as atividades para a sexta etapa, neste domingo (13), com especiais de  317 quilômetros (para motos e quadriciclos) e 291 quilômetros ( para carros, UTVs e caminhões).

 CLASSIFICAÇÃO GERAL ENTRE OS UTVs  APÓS CINCO ETAPAS (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

 

Varela e Gugelmin enfrentando o chamado fesh-fesh, a areia muito fina do deserto peruano. Foto: Vinicius Branca/photosdakar.com/BRP Brasil

 

Kleber Cincea, Marcos Baumgart, Beco Andreotti e Cristian Baumgart logo após chegareM ao acampamento de Arequipa, na última sexta-feira (11). Foto: Magnus Torquato/photosdakar.com/BRP Brasil

 

CARROS

A dupla Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) segue liderando, seguida pelos francees Stéphane Peterhansel/Davi Castera (Mini). A vantagem, entretanto, subiu de 8min55s para 24min42s.

MOTOS

Nas duas rodas,  o norte-amerciano Ricky Brabec (Honda) segue em primeiro lugar, mas com apenas 59 segundos de vantagem para o britânico Sam Sunderland (KTM). Lincoln Berrocal, único brasileiro que ainda está na disputa das motos, está em 103ª lugar. Aos 60 anos, Berrocal é o mais velho da categoria motos.  Marcos Colvero, outro brasileiro que começou o Dakar/2019,  já deixou a competição.

QUADRICICLOS

Nenhuma mudança no topo da tabela dos quadriciclos. Os argentinos Nicolas Gavigliasso e Jeremias Ferioli seguem em primeiro e segundo lugares, respectivamente, separados por 49min30s, vantagem que foi ampliada em relação à etapa anterior, que era de 34s03.

CAMINHÕES

Os veículos mais pesados do Dakar também tiveram manutenção na liderança. Os russos Andrey Karginov/Andrey Mokeev/Igor Leonov (Kamaz) seguem no primeiro posto, seguidos pelo trio Sotnikov/Nikitin/Mustafin (Kamaz), defasados em 11min54s.

PRÓXIMAS ETAPAS DO RALLY DAKAR (SEMPRE EM TERRITÓRIO PERUANO)

13/01 - 6ª etapa

Arequipa -> San Juan de Marcona

Distância total: 839 km (motos e quadriciclos); 810 km (carros, UTVs e caminhões)

Trecho especial: 317 km (motos e quadriciclos); 291 km (carros, UTVs e caminhões)

13/01 - 7ª etapa

San Juan de Marcona

Distância total: 387 km

Trecho especial: 323 km

14/01 - 8ª etapa

San Juan de Marcona -> Pisco

Distância total: 576 km

Trecho especial: 361 km

15/01 - 9ª etapa

Pisco

Distância total: 410 km (408 km para os caminhões)

Trecho especial: 313 km (311 km para os caminhões)

15/01 - 10ª etapa

Pisco -> Lima

Distância total: 358 km

Trecho especial 112 km

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa