publicidade
Etapa maratona partiu de Arequipa até Tacna. Foto: Magnus Torquato/photosdakar.com/BRP Brasil

Etapa maratona partiu de Arequipa até Tacna. Foto: Magnus Torquato/photosdakar.com/BRP Brasil

O Rally Dakar, que está em sua 41ª edição, programado para ter dez etapas integralmente em território peruano, teve nesta quinta-feira (10) a primeira etapa maratona das duas consecutivas.

Foram diverentes percursos para as cinco categorias. Motos e quadriciclos seguiram de Arequipa até Moquegua, enquanto carros, UTVs e caminhões partiram de Arequipa com destino a Tacna, com trecho especial de 405 quilômetros.

Neste tipo de estágio (maratona), os pilotos e navegadores não podem contar com ajuda externa ou de sua equipe para reparos em seus equipamentos. Ao chegarem ao acampamento, eles mesmo são os responsáveis por revisões e toda a manutenção necessária para o dia seguinte, que no caso também será uma etapa maratona.

A dupla brasileira campeã do ano passado entre os UTVs, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin (Can-AM X3) terminou a etapa na quarta colocação, mesma posição na geral. Eles perderam bastante tempo após baterem em uma pedra, o que provocou furos em dois pneus. Os vencedores desta etapa 4 foram os russos Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk, que completaram a especial cronometrada em 4h23min59s, o que os colocou na liderança, seguidos pelos espanhóis Gerard Farres Guell/Daniel Oliveras Carreras. Varela e Gugelmin estão defasados em 30min30s em relação aos líderes.

Outra dupla brasileira nos UTVs, Marcos Baumgart e Kleber Cincea, tiveram um bom desempenho e ocupam a sexta posição geral, seguidos pela dupla formada pelo piloto português Miguel Jordão e o navegador brasileiro Lourival Roldan, que estão em sétimo lugar.

Ainda sobre os brasileiros, o 11º posto é da dupla Cristian Baumgart/Beco Andreotti.

 CLASSIFICAÇÃO GERAL ENTRE OS UTVs (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

 

MOTOS

A liderança entre as motos mudou de mãos nesta quarta etapa do Dakar. O norte-amerciano Ricky Brabec (Honda) venceu com a boa margem 6min19s para o segundo colocado, o austríaco Matthias Walkner. Brabec completou o estágio entre Arequipa e Moquegua, com trecho cronometrado de 405 quilômetros, em 3h40min30s.

Assim, ele assumiu a ponta da categoria com 2min19s para o segundo colocado, que ontem liderava, o chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna). Quintanilla teve uma jornada complicada, fechando apenas na 14ª colocação. O australiano Toby Price, com KTM, ocupa o terceiro lugar, 4min22s atrás de Brabec.

CLASSIFICAÇÃO GERAL ENTRE AS MOTOS (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

CARROS

Disputa absolutamente espetacular entre os carros nesta quarta etapa do Dakar. A dupla Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) venceu com apenas 1min52s para os franceses Stéphane Peterhansel/David Castera (Mini), e são estas duplas que ocupam as duas primeiras colocações na geral, separados por 8min55s.

CLASSIFICAÇÃO GERAL ENTRE OS CARROS (SETE PRIMEIROS COLOCADOS)

 

QUADRICICLOS

Nos quadris, os argentinos Nicolas Gavigliasso e Jeremias Gonzales Ferioli continuam dominando. Eles terminaram em primeiro e segundo lugares a etapa desta quinta-feira e também se mantém nas duas primeiras colocações na tabela geral. A vantagem de Gavigliasso para Ferioli é boa, de 34min03s. E a terceira posição também é de um argentino, Gustavo Gallego, que está a 47min19s do líder.

CLASSIFICAÇÃO GERAL ENTRE OS QUADRICICLOS (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

CAMINHÕES

Mais uma vitória do trio russo formado por Andrey Karginov/Andrey Mokeev/Igor Leonov (Kamaz), que seguem na liderança da competição.

MAIS UMA ETAPA MARATONA...

Nesta sexta-feira (11), a outra etapa maratona terá especiais de 345 quilômetros para motos e quadriciclos e 452 quilômetros para carros, UTVs e caminhões.

O sábado (12) será de pausa no Dakar, em Arequipa. A competição será retomada no domingo (13), de Arequipa a San Juan de Marcona. O Dakar está programado para ser encerrado em Lima, na próxima terça-feira (15).

PRÓXIMAS ETAPAS DO RALLY DAKAR (SEMPRE EM TERRITÓRIO PERUANO)

11/01 - 5ª etapa

Etapa Maratona

Moquegua -> Arequipa (motos e caminhões)

Tagna -> Arequipa (carros, UTVs e caminhões)

Distância total: 776 km (motos e quadriciclos); 714 km (carros, UTVs e caminhões)

Trecho especial: 345 km (motos e quadriciclos); 452 km (carros, UTVs e caminhões)

12/01 

Dia de descanso em Arequipa

13/01 - 6ª etapa

Arequipa -> San Juan de Marcona

Distância total: 839 km (motos e quadriciclos); 810 km (carros, UTVs e caminhões)

Trecho especial: 317 km (motos e quadriciclos); 291 km (carros, UTVs e caminhões)

13/01 - 7ª etapa

San Juan de Marcona

Distância total: 387 km

Trecho especial: 323 km

14/01 - 8ª etapa

San Juan de Marcona -> Pisco

Distância total: 576 km

Trecho especial: 361 km

15/01 - 9ª etapa

Pisco

Distância total: 410 km (408 km para os caminhões)

Trecho especial: 313 km (311 km para os caminhões)

15/01 - 10ª etapa

Pisco -> Lima

Distância total: 358 km

Trecho especial 112 km

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa