publicidade
Na partida contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões, Neymar não tocou a bola nenhuma vez para Cavani

Na partida contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões, Neymar não tocou a bola nenhuma vez para Cavani

Do UOL, em São Paulo

O PSG vive momentos de calmaria dentro de campo. Invicto no Campeonato Francês após nove rodadas, a equipe ainda vê suas duas principais estrelas, Neymar e Mbappé, cada vez mais entrosados. Mas é justamente nessa amizade que mora uma recente crise no clube, de acordo com o jornal "L´Équipe".

O entrosamento dos dois estaria excluindo o uruguaio Cavani. A publicação afirma que o jogador estaria cabisbaixo durante as partidas e cada vez mais isolado. Dentro de campo, os números corroboram a tese do jornal.

Na partida contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões, Neymar não tocou a bola nenhuma vez para Cavani, enquanto Mbappé deu apenas dois passes. Em contrapartida, o francês tocou para o brasileiro 19 vezes, enquanto Neymar serviu o parceiro em 11 oportunidades.

O mesmo aconteceu contra o Lyon, no Campeonato Francês. Durante os 40 minutos que ficou em campo, Cavani não recebeu passes de Neymar ou de Mbappé.

A publicação ainda afirma que Cavani se sente sozinho no vestiário do PSG. Aos 31 anos, o atacante não tem a mesma química apresentada entre Neymar, Mbappé e os demais brasileiros do elenco. Soma-se a isso as saídas de Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Bilbao) e Giovani Lo Celso (Betis), jogadores com quem o uruguaio se sentia mais confortável.

Foto: FRANCK FIFE / AFP (via UOL)

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa