publicidade
Borja foi destaque da vitória sobre o Cerro, com dois gols. Foto: Jorge Saenz/AP

Borja foi destaque da vitória sobre o Cerro, com dois gols. Foto: Jorge Saenz/AP

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

Se havia uma expectativa de disputa entre Borja e Deyverson pela titularidade no novo Palmeiras de Luiz Felipe Scolari, o colombiano é quem larga com enorme vantagem. Autor dos dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño na última quinta (9), fora de casa, pela Libertadores, Borja repetiu o que vem fazendo ao longo da temporada e se consolidou como primeira opção do alviverde, ainda que o concorrente tenha sido bastante elogiado por Felipão em seu início de trabalho. Assista aos gols da partida.

Com 17 gols na temporada, sendo oito deles em sete jogos da Libertadores, Borja é o artilheiro do Palmeiras no ano. É fato que o estilo de jogo de Deyverson, de muita luta na frente, força nas disputas pelo alto e facilidade para ser alvo de bolas longas, casa bem com as preferências de Felipão. Mas o grande momento do colombiano, que voltou de cirurgia no joelho duas semanas antes do esperado, fala mais alto nessa briga pela posição.

Mesmo com pouco tempo de clube, Scolari já disse que notou diferenças grandes entre os dois. Se Deyverson prefere um jogo de bolas alçadas e cruzamentos, Borja rende mais com a bola no chão, recebendo passes em profundidade e atacando o espaço às costas da defesa. A questão da entrega na marcação, que é um dos pontos positivos vistos em Deyverson, também tem sido muito cobrada por Felipão. Contra o Cerro, Borja trabalhou bastante para atrapalhar a saída dos paraguaios, auxiliado por Moisés.

Felipão fez mistério antes da partida e não quis confirmar o time titular, mas a aposta em Borja foi compensada com gols. Colocar a bola na rede, aliás, é algo que Deyverson só fez em amistosos em 2018. Em 17 jogos oficiais, ele não marcou nenhuma vez. Elogiado internamente pela disposição em campo, o centroavante ainda foi expulso em seu último jogo pelo Brasileiro, contra o Bahia, e enfrenta resistência da torcida, que tem mostrado pouca paciência com ele no Allianz Parque.

Por fim, apesar de Borja ser o titular, Felipão já deu vários indícios de que Deyverson terá bastante espaço sob seu comando. O treinador gosta de centroavantes mais tradicionais e colocou o camisa 16 em campo no final do jogo contra o Cerro. Com um calendário pesado até o final do ano e vivo em três competições, o alviverde terá que usar bastante o elenco. O Palmeiras volta a campo neste domingo (12), contra o Vasco, em casa, pelo Brasileirão.

Compartilhe:
Imagem Nuvem de Notificações

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2018

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Pal
    80
  • 2 Fla
    72
  • 3 Int
    69
  • 4 Grê
    66
  • 5 São
    63
  • Veja tabela completa