publicidade

Tony Kanaan

Piloto de Fórmula Indy
por Marcos Júnior Micheletti
 
O baiano de família libanesa Antoine Rizkallah Kanaan Filho, conhecido mundialmente como Tony Kanaan, iniciou sua carreira no kart aos oito anos de idade, categoria em que obteve cinco campeonatos paulistas e um brasileiro, este aos 12 anos.
 
Tony nasceu em Salvador no dia 31 de dezembro de 1974, e teve uma grande perda aos 13 anos, quando seu pai faleceu, dificultando sua permanência no automobilismo.
 
Mesmo assim, contando com seu talento natural e o apoio do pai de Rubens Barrichello, o Rubão, Tony seguiu nas pistas acumulando uma série de conquistas, primeiro em território brasileiro vencendo os campeonatos da Fórmula Ford e Fórmula Chevrolet, antes de mudar para a Europa onde disputou a Fórmula Opel e o Campeonato Italiano de Fórmula Boxer, tornando-se campeão.
 
O passo seguinte foi disputar a Fórmula 3 Italiana, para depois se transferir para o automobilismo norte-americano, pela Indy Lights, categoria de acesso à Fórmula Indy.
 
Em sua primeira temporada, em 1996, foi vice-campeão (eleito o melhor estreante) e chegou ao título no segundo ano
Após dois anos ganhando experiência pela Indy Lights, Tony ingressou na elite do automobilismo norte-americano (na época denominada Cart), em 1998, pela equipe Tasman.
 
A primeira vitória aconteceu na temporada seguinte, ainda pela Tasman, no GP de Michigan. Depois, foram três anos seguidos sem vencer, todos pela equipe MoNumm.
 
Entre 2003 e 2010 esteve em uma das principais equipes da Indy, a Andretti-Green, onde conquistou suas melhores marcas (13 vitórias e um título, o de 2004). além do vice em 2005.
 
Deixou a equipe Andretti ao término da temporada de 2010 e negociou sua permanência para a temporada de 2011, acertando finalmente um contrato com a KV-Racing. Mesmo sem ser uma equipe de ponta, Kanaan fechou a temporada em um bom quinto lugar, no campeonato vencido pelo escocês Dario Franchitti.
Formou dupla com seu grande amigo Rubens Barrichello na mesma equipe KV-Racing na temporada de 2012 da Indy, após convidar Rubens (sem contrato com a Fórmula 1) para uma bateria de testes no circuito de Sebring, entre janeiro e fevereiro de 2012.
 
Tony Kannan terminou a temporada em nono lugar, com 351 pontos e Rubens Barrichello foi o 12º, com 289.
 
Pai de Leonardo Loiola Kanaan (nascido em 18 de setembro de 2008), Tony é apaixonado por triatlon, modalidade que pratica com regularidade e boas performances.
 
Após o encerramento da temporada de 2012 na Indy, Tony acertou um acordo para disputar as duas etapas finais da Copa Caixa Stock Car, no Brasil, em Brasília e São Paulo (Corrida do Milhão), com o apoio de seu principal patrocinador, o Grupo Petrópolis, através das marcas Itaipava (cerveja) e TNT (bebida energética).
 
Em 08 de março de 2013 casou-se com a jornalista norte-americana Laura Bohlander, ex-apresentadora do program Up to Speed.
 
Em 26 de maio de 2013 realizou seu grande sonho no automobilismo, vencendo as 500 Milhas de Indianápolis, pela equipe KV Racing.
 
Em 04 de outubro de 2013, foi anunciado como piloto da Chip Ganassi, uma das mais bem estruturadas equipes da Fórmula Indy para disputar a temporada de 2014 na categoria.
 
Em 25 de janeiro de 2015 venceu as 24 Horas de Daytona competindo com um Ford Ecoboost Riley da equipe Chip Ganassi, ao lado de Scott Dixon, Jamie McMurray e Kyle Larson.
 
Em 28 de maio de 2017 terminou as 500 Milhas de Indianápolis na quinta colocação, prova vencida pelo japonês Takuma Sato. Três dias depois foi anunciado para disputar as 24 Horas de Le Mans com um Ford GT da Chip Ganassi (sua mesma equipe na Indy), substituindo o francês Sébastien Bourdais, que se acidentara no treino oficial para as 500 Milhas de Indianápolis.
 
Em 5 de outubro de 2017, após quatro temporadas na Chip Ganassi (2014 a 2017), foi anunciado oficialmente como novo piloto da equipe Foyt na Fórmula Indy, para a temporada de 2018 com opção de renovação para 2019.
 
Fotos: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT
    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      71
    • 2 Grê
      61
    • 3 Pal
      60
    • 4 San
      59
    • 5 Cru
      56
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES