publicidade

Zé Maria

Ex-lateral do Corinthians e Portuguesa
por Rogério Micheletti
 
Zé Maria, o José Maria Rodrigues Alves, nascido no dia 18 de maio de 1949, em Botucatu (SP), mora no bairro de Santana, na Zona Norte de São Paulo, e trabalha no projeto da Febem.
 
"O objetivo desse trabalho e dar ao jovem infrator uma nova oportunidade. Eu tento passar para eles as dificuldades que eu tive na minha infância e consegui vencer", comenta Zé Maria, que é irmão do ex-ponta Tuta, que atuou na Ponte Preta.
 
O Super Zé iniciou seus primeiros passos no futebol jogando nos times do Lajeado Atlético Clube (time de várzea) e Associação Atlética Ferroviária, de Botucatu, mesmo time que teve também Guanxuma, Cação (ex-zagueiro do Palmeiras) e o goleiro Neuri Cordeiro.
 
Zé Maria começou a carreira profissional na Portuguesa e chegou ao Corinthians em 1970. Esteve nas copas de 70 (reserva de Carlos Alberto Torres) e 74 (titular). Jogou no Timão até 1983. Em 1984 teve uma rápida passagem pela Internacional de Limeira, onde encerrou sua carreira.
 
Durante o período em que esteve na Portuguesa de Desportos, Zé Maria foi emprestado ao Vasco da Gama em 1968 por quatro jogos na Taça Guanabara. O titular (Ferreira) havia se machucado e o seu reserva imediato também. A diretoria vascaína fez uma proposta aos dirigentes lusos que aceitaram e o lateral foi para o Rio de Janeiro, onde ficou por dois meses para retornar à equipe paulista em seguida.
 
"Ele foi um dos melhores profissionais que eu conheci", elogia o ex-companheiro de Corinthians, Basílio, autor do gol do título paulista de 1977.
 
Zé Maria entrou jogando no dia 25 de abril de 1971, numa tarde gelada de domingo de 8 graus no Morumbi, no célebre dia em que o seu Corinthians ganhou de virada do favorito Palmeiras por 4 a 3. O técnico Francisco Sarno escalou: Ado, Zé Maria, Sadi, Luis Carlos Gálter, Pedrinho, Tião, Rivellino, Lindóia depois Natal, Samarone depois Adãozinho, Mirandinha e Peri. Apitou Armando Marques, que expulsou Leivinha e Rivellino, e os gols foram marcados, pela ordem: César Maluco, César Maluco, Mirandinha, Adãozinho, Leivinha, Tião e Mirandinha.
 
Abaixo, ouça a participação de Zé Maria no "Domingo Esportivo" do dia 23 de abril de 2017. No bate-papo com Milton Neves, o ex-lateral do Timão relembrou detalhes do título paulista de 1977:

    ver mais notícias
    ver mais Áudio

    Pelo Corinthians:

    Atuou em 595 jogos. Marcou 17 gols. Fez quatro gols contra.
    Fonte: Almanaque do Timão, de Celso Unzelte.

    Pela Seleção Brasileira:


    Atuou em 64 jogos, sendo 41 vitórias, 18 empates e 5 derrotas.
    Fonte: "Seleção Brasileiras - 90 Anos - 1914 - 2004
    Autores: Antonio Carlos Napoleão e Roberto Assaf

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2018

    • Classificação
      Pontos
    • 1 São
      50
    • 2 Int
      49
    • 3 Pal
      47
    • 4 Fla
      45
    • 5 Grê
      44
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES