Telmo Martino

Cronista do Jornal da Tarde
Telmo Martino ficou famoso pela coluna que escrevia no Jornal da Tarde entre as décadas de 70 e 80. Internado em 22 de agosto com pneumonia, ele morreu devido a complicações no quadro na madrugada do dia 3 de setembro, no Hospital Samoc, do Rio de Janeiro.

Nascido no bairro carioca de Botafogo em 10 de janeiro de 1931, Telmo desistiu do curso de Direito para se graduar em Jornalismo. Ingressou na profissão como redator de rádio na BBC de Londres. Voltou ao Rio em 1967 e integrou a equipe da revista Dinners, passando depois pelos locais Última Hora e Correio da Manhã.

Mudou-se para São Paulo no ano de 1971 quando, convidado por Murilo Felisberto,  deu nome à coluna do JT que ficou conhecida e "temida" pelas críticas embaladas por seu humor ácido, ao tratar artistas e personalidades da época. Uma das poucas celebridades elogiadas constantemente pelo cronista era o locutor esportivo Osmar Santos.

No final dos anos 80 sofreu um AVC (acidente vascular cerebral). Recuperado, escreveu sobre televisão para as publicações Folha de S. Paulo e Revista Interview e atuou como crítico teatral da Istoé nos anos 90. Teve alguns de seus textos reunidos no livro "Serpente Encantadora", lançado pela editora Planeta em 2004. Ainda nos anos 2000 escreveu para o site "Babado", do IG.
    ver mais notícias
    comments powered by Disqus

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      20
    • 2 Grê
      19
    • 3 Cor
      15
    • 4 San
      13
    • 5 Cha
      13
    • Veja tabela completa

    Últimos craques