publicidade

Sandro Gaúcho

Ex-atacante do Santo André

Sandro Rogério Formosa Pires, o grande atacante Sandro Gaúcho que brilhou com a camisa do Santo André, nasceu em 27 de junho de 1968.

Entrou para a história do Ramalhão como o segundo maior artilheiro do clube em todos os tempos com 58 gols, apenas quatro atrás de Tulica.

Aos 39 anos, em 2007, decidiu abandonar os gramados para trabalhar como auxiliar técnico de Fahel Júnior, que na ocasião comandava o Santo André na Série B do Campeonato Paulista. Ainda nesta função passou pelo Guaratingueta. Como treinador principal, além da própria equipe do ABC, esteve a frente do Poços de Caldas FC, o Vulcão.

Em 2016 foi candidato a vereador em Santo André, mas não se elegeu. No fim do ano seguinte foi convidado a participar de um projeto de futebol no Estados Unidos. Desde então vive em Tampa, na Flórida.

Muito ligado a Santo André, Sandro administra um projeto social na cidade. Os filhos Thiago e Luís Felipe comandam uma equipe de voluntários no Gol da Conquista, que atua no Parque Erasmo há mais de 6 anos. O projeto atende crianças e adolescentes entre 7 e 17 anos realizando treinamentos de futebol e oferecendo palestras de conscientização com ex e atuais jogadores, psicólogos e outros especialistas.

Sandro começou a carreira no Internacional de Porto Alegre e depois passou por diversas equipes, entre elas Esportivo-RS, Glória-RS, Juventude, Veranópolis, Inter de Limeira, União de Araras, Mogi Mirim, Ypiranga-RS, Santo André, São Caetano, Ponte Preta, Figueirense, Paysandu, América-RN, onde foi campeão estadual e artilheiro, e Sport Recife, clube com o qual conquistou o estadual e a Copa do Nordeste.

Fez parte do incrível time do Mogi Mirim conhecido com Carrossel Caipira, dirigido por Oswaldo Alvarez, o Vadão, nos anos de 92/93. Jogou ao lado do trio Rivaldo/Valber/Leto. Apesar de não ser titular foi o vice-artilheiro do grupo formado pelo presidente Wilson de Barros naquela época.

A tradição do futebol faz parte da família Pires. Seu pai, Leonel da Silva Pires, foi atleta do Aimoré, de Bagé, terra natal do ex-jogador. Os irmãos de Sandro também atuaram profissionalmente: Caçapava jogou no Esportivo, de Bento Gonçalves, Washington atuou no Tubarão, de Santa Catarina e Sabará, já falecido, ostentou a camisa do Internacional.

Mas ao deixar os gramados, ressaltou ter descoberto ter a cara do Santo André. Alguns momentos do atacante a torcida azul jamais esquecerá, como a histórica conquista da Copa do Brasil de 2004 após vitória sobre o Flamengo no Maracanã por 2 a 0.

Por Marcelo Rozenberg e Frank Fortes

    ver mais notícias

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES