publicidade

PC Gusmão

Ex-goleiro do Vasco e atual treinador

por Marcelo Rozenberg

Ex-goleiro de bons predicados, Paulo César Lopes de Gusmão, o PC Gusmão, nasceu no Rio de Janeiro em 19 de maio de 1962. Em 14 de agosto de 2017, assumiu o comando técnico da Portuguesa, cargo que ocupou até novembro do mesmo ano.

Formado em Educação Física, vestiu camisas importantes na carreira como a do Vasco. Também passou por Cabofriense-RJ e Campo Grande-RJ.

Aposentou-se para encarar a função de preparador de goleiros e de auxiliar-técnico no Vasco. Depois, trabalhou com Vanderlei Luxemburgo no Flamengo e no Corinthians, onde conquistou títulos nos anos 90.

A primeira experiência de PC como treinador foi em 2001, no Vasco. Ele substituiu interinamente Hélio dos Anjos até a virada do ano. Em 2002, também como "tampão", dirigiu o Palmeiras no lugar de Luxemburgo, que pediu demissão e foi para o Cruzeiro.

A dupla voltou a trabalhar junta na Raposa. Como auxiliar, Paulo César Gusmão largou temporariamente a "carreira solo" e conquistou a "Tríplice Coroa" em 2003 (Campeonato Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro).

Depois da saída do "mestre" do time mineiro em 2004, o ex-goleiro retomou a carreira de técnico para não largar mais. Assumiu o cargo após a queda celeste na Libertadores e levou a equipe ao bi estadual daquele ano.

Depois do Cruzeiro - onde voltou a trabalhar em 2006 e levou mais um Campeonato Mineiro -, PC passou por Flamengo, Cabofriense, Botafogo, Fluminense, São Caetano e Náutico.

Em 2008, conquistou pelo Itumbiara o Campeonato Goiano da temporada. No dia 24 de junho do mesmo ano, foi convidado para trabalhar no Figueirense na vaga deixada por Guilherme Macuglia, demitido depois da derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro.

No estádio Orlando Scarpelli, PC perdeu o emprego em setembro do mesmo ano. Depois de 18 rodadas, ele obteve apenas cinco vitória à frente do time catarinense, que o demitiu depois da goleada por 5 a 0 para o Sport. Em 2009, Paulo César iniciou a temporada no Juventude-RS, mas não durou muito tempo. Em fevereiro do mesmo ano, ele acertou com o Atlético-GO.

Deixou o time de goiano para fazer uma bela campanha com o Ceará no início do Campeonato Brasileiro de 2010. Seu rendimento foi tão bom que antes da metade da competição, Gusmão foi contratado para assumir o time do Vasco, mas ficou pouco tempo no comando do Cruzmaltino. Em 2011, foi convidado para assumir o Atlético Goianiense e levantou a taça do campeonato estadual daquele ano.

Após conquistar o Campeonato Goiano, em 2011, à frente do Atlético-GO, PC não resistiu aos maus resultados do Brasileirão e no dia 21 de julho deixou o cargo de treinador.

PC foi contratado para assumir o comando técnico do Sport-PE em agosto de 2011, sendo demitido apenas dois meses depois, após derrota no clássico para o Náutico, em 29 de outubro daquele ano.

No dia 13 de março de 2012, voltou ao Ceará para sua terceira passagem pelo clube. E após exatos dois meses no comando do Vozão, conquistou o Campeonato Cearense.

Começou a Série B, no comando do Vozão e nesta terceira passagem comandou a agremiação cearense por 47 vezes até receber um convite para comandar o Vitória em novembro de 2012.

Em agosto de 2013, foi convidado a assumir o comando técnico do Atlético-GO, que era ocupado anteriormente por René Simões. Porém, no final de outubro, com uma má campanha, acabou deixando o clube goiano. 

Assim, em 2014, o técnico acertou com o Al-Arabi, do Catar. A aventura não durou muito tempo. No dia 28 de julho de 2014, PC Gusmão foi anunciado como novo comandante do Bragantino. No dia 22 de outubro de 2014, após a derrota para o Sampaio Corrêa, o treinador pediu demissão do clube do interior de São Paulo.

Em 27 de julho de 2015, PC foi anunciado como novo técnico do Joinville, ocupando a vaga deixada por Adilson Batista. Acabou demitido no início de 2016.

Em 1º de junho de 2016, foi anunciado como técnico do Marítimo para a disputa da primeira divisão do Campeonato Português.

    ver mais notícias

    Como treinador:
    Cruzeiro
    Campeão Mineiro em 2004 e 2006.

    Itumbiara-GO
    Campeão Goiano em 2008.

    Atlético-GO
    Campeão Goiano em 2011.

    Ceará
    Campeão Cearense em 2012.

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES