Ney Blanco

Ex-atacante do Santos e Palmeiras

Ney, o Ney Blanco de Oliveira, centroavante do Santos, São Paulo e Palmeiras, morreu em Guadalajara, no México, no dia 13 de março de 2005. Na foto ao lado, ele forma o ataque do Peixe ao lado dos históricos Dorval, Mengálvio, Pelé e Pele. Ney foi vice-campeão paulista de 1954 pelo Palmeiras (ele fez o gol do Verdão no empate de 1 a 1 com o campeão Corinthians).

Jogou no Verdão, de 1954 a 57, ao lado de Liminha, Humberto Tozzi, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Foram 137 jogos com a camisa alviverde (75 vitórias, 28 empates e 34 derrotas) e 53 gols marcados. Ney teve também uma rápida passagem pelo São Paulo, em 1957 e 58. Com a camisa tricolor, foram 30 jogos (14 vitórias, 8 empates, 8 derrotas), 17 gols marcados e o título do Paulistão de 57. Em 1958, Ney foi negociado com o Santos, onde ficou até 1962, quando se transferiu para o futebol mexicano. Nas múltiplas excursões do Santos pelo exterior ele dividia o quarto nos hotéis com o também saudoso Mauro Ramos de Oliveira.

Ney, que encerrou a carreira jogando no futebol mexicano, onde defendeu o América e o Atlas (sendo, inclusive, técnico do Atlas), morou por 44 anos na terra da "guacamole" e chegou a trabalhar como comentarista esportivo em rádio de Guadalajara e teve uma coluna de esportes chamada "Hola amigos" no jornal "Público".

    Pelo Palmeiras: Foram 137 jogos com a camisa alviverde (75 vitórias, 28 empates e 34 derrotas) e 53 gols marcados. Pelo São Paulo: Com a camisa tricolor, foram 30 jogos (14 vitórias, 8 empates, 8 derrotas), 17 gols marcados e o título do Paulistão de 57.

    comments powered by Disqus

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      20
    • 2 Grê
      19
    • 3 Cor
      15
    • 4 San
      13
    • 5 Cha
      13
    • Veja tabela completa

    Últimos craques