publicidade

Lúcio

Zagueiro do Inter, Bayern e Inter de Milão

por Tufano Silva

Raro encontrar no futebol moderno um zagueiro que conduza a bola ao ataque com a mesma qualidade de Lucimar da Silva Ferreira, o Lúcio. 

No dia 9 de janeiro de 2014, o zagueiro foi anunciado como novo revorço do Palmeiras. Ele firmou vínculo com o clube até 31 de dezembro de 2015. No entanto, novamente não teve o sucesso que se esperava, sendo inclusive liberado para procurar outra equipe em janeiro de 2015, quase um ano antes do término de seu contrato.

Sete meses após sua última partida pelo Palmeiras, no dia 23 de junho de 2015, Lúcio foi anunciado como reforço do FC Goa, clube indiano então treinado pelo brasileiro Zico.

Após um ano de inatividade, Lúcio foi anunciado pelo Gama-DF em 07 de dezembro de 2017 como reforço para a temporada de 2018.

Lúcio, que nasceu no dia 8 de maio de 1978 em Brasília-DF, começou sua carreira como atacante, nas categorias de base do Planaltina-DF. Quando tornou-se profissional, jogando pelo time do Guará, também do Distrito Federal, o atleta já atuava como zagueiro.

E foi nessa posição que Lúcio despertou o interesse do Internacional, na partida entre sua equipe e o time gaúcho, pela Copa do Brasil de 1997. Curiosamente, o clube colorado quis contratar o defensor, por 300 mil reais, mesmo vencendo o duelo pelo placar de 7 a 0.

Ficou no Inter por três anos, conquistando por lá apenas um título, o Campeonato Gaúcho de 1997. Em 2000, deixou o futebol brasileiro para defender o Bayer Leverkusen, da Alemanha.

Foi no clube europeu que a carreira de Lúcio começou a decolar. Eleito melhor jogador do Campeonato Alemão da temporada 2001/02, Lúcio foi convocado por Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo de 2002. O defensor participou de todos os jogos da campanha do Brasil na Coreia do Sul e Japão.

Permaneceu no Leverkusen até 2004, sendo transferido para outro Bayern, o de Munique. Foram cinco anos no time mais vitorioso da Alemanha, e por lá, Lúcio conquistou três Campeonatos Alemães, três Copas da Alemanha, e duas Copas da Liga Alemã.

Enquanto disputava a Copa das Confederações de 2009, vencida pela Seleção Brasileira, o defensor recebeu a informação de que seu contrato com o Bayern não seria renovado. Assinou com a Internazionale de Milão logo em seguida, e o zagueiro não poderia esperar que tivesse a chance de "se vingar? de seu ex-clube tão depressa.

A decisão da Liga dos Campeões da temporada 2009-10 foi justamente entre a nova equipe de Lúcio e o Bayern de Munique. O time italiano venceu por 2 a 0, com dois gols do argentino Milito, e uma bela atuação do defensor brasileiro.

Após três anos na equipe neraazzurri em julho de 2012, assinou com a Juventus de Turim, inaptado ao time da "La Vechia Signora", em dezembro do mesmo ano pediu o distrato e acertou com o São Paulo Futebol  Clube.

Lúcio chegou com status de craque no Tricolor. Durante o primeiro semestre, foi titular intocável do São Paulo. Mas com as fracas campanhas nos campeonatos, a torcida começou a cobrar os atletas. Paulo Autuori afastou o beque por indisciplina. Lúcio ficou treinando separado até o final do ano.

 

Pela Seleção Brasileira, Lúcio conquistou três títulos: A Copa do Mundo de 2006 e as Copas das Confederações de 2005 e 2009.

    Altura: 1m88
    Peso: 86kg

    Clubes

    1995/97 - Planaltina E.C.
    1998/2000 - S.C. Internacional
    2000/2004 - Bayer 04 Leverkusen F.
    2004/2009 - F.C. Bayern München
    2009/2012 - F.C. Internazionale Milano
    2012 - Juventus F.C.
    2013 - São Paulo F.C.

    Títulos

    1998 - Copa São Paulo de Futebol Júnior
    2004 - Copa da Liga Alemã
    2004/05 - Copa da Alemanha
    2004/05 - Campeonato Alemão
    2005/06 - Copa da Alemanha
    2005/06 - Campeonato Alemão
    2007 - Copa da Liga Alemã
    2007/08 - Copa da Alemanha
    2007/08 - Campeonato Alemão
    2009/10 - Copa da Itália
    2009/10 - Campeonato Italiano
    2009/10 - Liga dos Campeões da Europa
    2010/11 - Supercopa da Itália
    2010 - Campeonato Mundial de Clubes da FIFA
    2010/11 - Copa da Itália
    2012/13 - Supercopa da Itália

    Seleção Brasileira

    2002 - Copa do Mundo - Japão e Coréia
    2005 - Copa das Confederações
    2009 - Copa das Confederações

    Prêmios individuais

    2000 - Bola de Prata da Revista Placar - Melhor zagueiro
    2001/02 - Melhor jogador da Bundesliga
    2003/04 - Melhor jogador da Bundesliga
    2009/10 - Prêmio Futebol no Mundo
    2010 - Eleito para  a Seleção do Mundo da FIFA - FIFA Pro World

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      72
    • 2 Pal
      63
    • 3 San
      63
    • 4 Grê
      62
    • 5 Cru
      57
    • Veja tabela completa

    ÚLTIMOS CRAQUES