Lamin

Ex-goleiro do Botafogo-RJ e Guaratinguetá

João Lamin dos Santos, o Lamin, goleiro da Esportiva de Guaratinguetá nos anos 60, morreu na madrugada do dia 19 de fevereiro de 2013 na cidade de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, onde estava aposentado e era instrutor da Escolinha de Futebol Sociedade Hípica de Guaratinguetá.

Além de trabalhar com os novos talentos do futebol, o ex-arqueiro tinha há anos um bar. Ele era também tio-pai do jornalista Márcio Campos, da Rede Bandeirantes.

Lamin começou a carreira em 1956, no amador do Botafogo do Rio de Janeiro e logo foi emprestado para a Esportiva.

Passou ainda por clubes da Venezuela, pelo XV de Novembro de Jaú, Flamengo de Varginha (onde foi campeão da segunda divisão do campeonato mineiro em 1969) e voltou para a Esportiva, em 1970, onde encerrou a carreira como jogador um ano depois e começou a de técnico.

O ex-goleiro dirigiu a Esportiva de Guaratinguetá em 1977, 1990 e 1991, quando encerrou a carreira de treinador.

Nascido no dia 3 de agosto de 1936, em Bocaina de Minas (MG), Lamin era casado, tinha cinco filhos e cinco netos.

Por Gustavo Grohmann

    ver mais notícias
    comments powered by Disqus

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Bah
      3
    • 2 Pal
      3
    • 3 Pon
      3
    • 4 Cor
      3
    • 5 Grê
      3
    • Veja tabela completa

    Últimos craques