Kevin Espada

Torcedor morto na Bolívia
por Marcos Júnior
O boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada morreu aos 14 anos durante o jogo do San José contra o Corinthians em 20 de fevereiro de 2013, no estádio Jesús Bermúdez, em Oruro, na Bolívia.
O jovem foi atingido por um sinalizador deflagrado por um torcedor do Corinthians, distante cerca de 30 metros. Estima-se que o artefato tenha atingido Kevin em seu rosto a uma velocidade superior a 300 km/h, provocando  morte instantânea.
Foram detidos 12 torcedores corintianos, inicialmente na Corte Superior de Justiça de Oruro e depois transferidos para o Cárcere de San Pedro, na mesma cidade.
Cinco dias depois, um jovem de 17 anos confessou ter sido o autor do disparo do sinalizador, segundo ele ocorrido de maneira acidental, durante entrevista ao repórter Valmir Salaro, para o "Fantástico", da Rede Globo.
O corpo de Kevin foi sepultado no cemitério Parque das Memórias, em Cochabamba, sua cidade natal, distante cerca de 230 km de Oruro, onde faleceu.
Em matéria publicada no jornal Folha de S.Paulo em 28 de fevereiro de 2013, pelo jornalista Eduardo Ohata, contou o cotidiano da família Beltrán.Limbert e Carola,  os pais do pequeno boliviano eram professores e tinham uma renda em torno de US$ 400. Kevin era o mais velho dos quatro irmãos  (Jhojan Cristhian, 9, Alexandra, 8, e Matías, 2) e tomava conta deles, devido a exaustiva carga de trabalho dos pais, em torno de 14 horas diárias.

Abaixo, um vídeo mostrando o disparo do sinalizador

    ver mais notícias
    comments powered by Disqus

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2016

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Pal
      80
    • 2 San
      71
    • 3 Fla
      71
    • 4 Atl
      62
    • 5 Bot
      59
    • Veja tabela completa

    Últimos craques