publicidade

Ivan Surdão

Ex-centroavante de Muzambinho
por Milton Neves
 
Ivan Surdão, o Ivan Carlos Vieira, grande fazedor de gols de Muzambinho-MG - no campo e no futsal - nos anos 50 e 60 -, mora hoje em São Paulo-SP e trabalha no ramo de seguros.
 
Casado com Vera Lúcia Russo Vieira, sem filhos, evangélico fervoroso, corintiano doente, Ivan jogou também por Guaxupé, Juruaia, Guaranésia, Areado, Cabo Verde, Monte Belo e fez testes na Ferroviária de Araraquara-SP, em 1963. "Lá, fui boicotado por cobras criadas", revela.
 
Cunhado do saudoso ator e galã Edgard Franco (casado com sua irmã Ivoneide) falecido em 1996, que trabalhou nas TVs Tupi e Globo e nos filmes de Mazzaroppi, Ivan Surdão teve 25 irmãos, mas 12 morreram, poucos dias após o parto, e 14 deles estão distribuídos por São Paulo e Curitiba.
 
Ibrahim (o Biluca), já falecido, um dos irmãos de Ivan Surdão, é pai do ator Alexandre Nero, astro da novela "Império", exibida no horário nobre da Rede Globo em 2014.
 
O casal Waldomiro "Chofer" Vieira e Dona Noêmia fez história em Muzambinho. Todos os filhos receberam nomes começando com a letra "I" e, no velório de Dona Noêmia, em 1990, o marido Waldomiro pediu licença aos amigos que confortavam a família, foi para um quarto da casa "dos Vieiras", na Rua Tiradentes e... se matou. Foi o suicídio por amor.
 
Waldomiro, apelidado de Chofer em razão de ser motorista particular, chegou a guiar até os Ford Bigode e teve vários Dodges.
 
Como costumava fazer "corridas" noturnas para ganhar um dinheirinho extra, ele andava com uma garrucha, pois temia ser assaltado. Mas o único disparo de sua arma foi desferido contra ele mesmo.
 
Ivan Surdão, puro, honestíssimo, respeitadíssimo no sul de Minas Gerais e amado em todas as empresas em que trabalhou, teve outros dois irmãos craques: Iran, hoje dentista em Curitiba, chutava tão forte como Rivellino e Ivonaldo, o Nadinho, funcionário aposentado do Banco de Crédito Real e atualmente é um belo advogado militante em Muzambinho.
 
Nadinho era goleador no futebol de salão pelos times dos Bancários e do Palmeirinha. Era aquele tipo "centroavante cerebral", ao estilo do genial Pagão.
 
Eu, Milton Neves, tenho enorme gratidão em relação ao Nadinho. Ele assinava o jornal "A Gazeta Esportiva" e eu lia o saudoso diário esportivo primeiro do que ele em sua casa de fundos, na Praça dos Andradas.
 
Ali, ele me emprestava também um rádio Philips, de teclas, para eu ouvir as Rádios Bandeirantes e Tupi de São Paulo.
 
Ivan Surdão, nascido no dia 10 de abril de 1944, ficou surdo porque, quando tinha oito anos, um "bago" de feijão entrou em um de seus ouvidos durante um jogo de víspora, no qual o feijão era usado como marcador. dona Noêmia, a mãe, com a melhor das intenções, tentou extrair o feijão com um grampo. Deu no que deu.
    comments powered by Disqus

    Selecione a letra para o filtro

    publicidade
    • Tabela

    • BRASILEIRÃO 2017

    • Classificação
      Pontos
    • 1 Cor
      37
    • 2 Grê
      31
    • 3 San
      27
    • 4 Fla
      15
    • 5 Spo
      24
    • Veja tabela completa

    Últimos craques